quarta-feira, 16 de outubro de 2019

A diferença entre desabafar e lamentar


    Qual a diferença entre desabafar e lamentar?
    É natural que em algum momento da vida a gente queira expor o que sente a alguém de confiança. Porém, há duas vertentes nisso, uma promove a solução, enquanto a outra expande o problema. 
No desabafo, a intenção é de se abrir com alguém ou consigo mesmo no intuito de encontrar alívio do incômodo sentido numa determinada situação ou problema, seguido da busca por uma solução dele. Se houver solução, a pessoa a identifica (com ou sem ajuda de outros), resolve a questão dentro de si mesma e fora (se for possível naquele momento) e vira a página.


    Já na lamentação, a intenção é apenas aliviar-se do incômodo que a situação gera (mas não alivia). A pessoa fala e fala, com um e com outro, mas não está aberta à solução. Porque a lamentação é sempre feita por alguém que está no banco da vítima. Já o desabafo, é realizado por quem está sofrendo, mas quer resolver a situação. Preste atenção nisso e reconheça quando você está lamentando ou desabafando. Já falou várias vezes daquela mesma situação? Já sabe qual postura tomar, porém não cessa o discurso? Pois é, você está lamentando. E nesse caminho só vai criar mais da mesma coisa. É justamente por isso, que é necessário expor o problema e procurar agir rapidamente em cima, para não expandir a coisa que nós queremos eliminar! É óbvio, né? Eu estou sofrendo e vou tornar meu sofrimento ainda maior? Mas é exatamente isso que acontece na lamentação. Falta de sabedoria e vigilância. 

    Identifique essa auto sabotagem depressa e mude o quadro. Ficar dando palestra para as pessoas sobre sua desgraça com aquele toque clássico de drama brasileiro não irá resolvê-la. Gaste essa energia e disposição em encontrar soluções e trabalhar por elas. Quem lamenta não muda de situação. E quem está fazendo o que é necessário para tocar sua vida pra frente não tem tempo pra lamentar. Observe-se!

Luz e Benção!
Vinícius Francis :-) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.