segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Mantenha-se no Amor e na Luz


    Acredito que começar a semana refletindo e colocando a cabeça no lugar é o melhor pra todos nós. Está um caos esse momento de eleições, muita gente aflita, preocupada, com medo, com ódio e tudo mais. E infelizmente, criamos uma atmosfera de tensão e negatividade no país, bem propício aos negativos. E se entramos nessa loucura, daqui a pouco estamos mal também. Eu sei que este é um momento importante pra nossa sociedade, e temos sim, que dar atenção a ele. Ok, mas precisamos nos atentar aos exageros.

    Que essa humanidade age feito macaco a gente já sabe há milênios! Tudo aqui é motivo de confusão, desordem, bagunça, infelizmente. Obviamente que existe uma parcela da população que age com inteligência e equilíbrio, mas ainda é a menor parte. Porém, não estou aqui pra falar de política, Deus me livre entrar nisso. Assumo meu papel como cidadão, mas deixo isso onde precisa estar. Dosar as coisas é saudável. A gente vive melhor quando é comedido. 

   Eu vim aqui dar uma palavrinha pra você, que de repente, está aflito, nervoso, sentindo-se sem esperança. E se for o caso, ótimo, fique mesmo sem esperança, se for pra sofrer pela tal da esperança é melhor jogá-la no lixo. Vamos sair da visão tridimensional e focar na amplitude da coisa. Olha, se a gente tomar esta realidade como a nossa referência de melhora ou piora, danou-se, viu? A cabeça pira! E esse estado de ansiedade com relação ao que está acontecendo é pilhado por nós mesmos. É muito tempo e energia em cima disso. Daí, sentimos exatamente aquilo que nutrimos, entramos na faixa da 3D que está arrancando os cabelos, e beiramos o estresse profundo.

    Convido você a tirar os olhos disso aqui, eu sei que a vida na Terra é boa e tal, mas vamos desapegar um pouco deste mundo? Vamos olhar além disso, porque soltando essa realidade e a urgência por querer encontrar soluções nela pelas vias que nós acreditamos serem as únicas possíveis, naturalmente entramos num estado de paz. A humanidade tem livre arbítrio, os homens receberam o direito de fazer as escolhas que quiserem, não adianta esquentarmos a cabeça com a forma como as pessoas vão decidir o rumo das coisas aqui, não é desta maneira que ajudamos o mundo a ser melhor. Assim, apenas adoecemos. O que nossas mãos não podem fazer, não nos pertence executar. E o povo tem sempre a realidade que merece. Quer algo diferente pra você? Vibre fora disso. O problema do mundo é de consciência, não de política. Enquanto não se mudar a consciência, vai sempre ser esse show de horrores. Então, transcenda essa realidade, não adianta sofrer.

    Vamos fazer a nossa parte, com tolerância, amor, paciência, serenidade, foco no Bem. Pessoal, tudo é sempre o bem pelo bem de tudo. Vamos tirar o foco disso aqui, dessa loucura que é esse mundo e nos alimentar de luz, sabendo que somos espíritos apenas vivendo uma temporada aqui. Vamos soltar. Solte o mundo, a política, o Brasil, sua família, solte! Você não tem poder sobre essas coisas, tem poder sobre si mesmo, então, abrace-se agora e se acalme. Tudo está bem. A Espiritualidade é Senhora de tudo, ela é líder de tudo. 

    Não digo isso pra afirmar que o banzé da Terra é planejado pela Espiritualidade, de jeito nenhum. É o homem quem cria e escolhe tudo por aqui. No entanto, mesmo que o homem escolha mal, existe um limite, existe um plano superior para o desenvolvimento dos espíritos aqui, do qual temos muito pouco conhecimento. Então, vamos soltar. Independente da via que tomemos como nação daqui pra frente, descanse o coração. Ao menos se empenhe por isso. - Ah, Vinícius, eu tenho medo de morrer e esse país virar uma guerra, temo pela minha família e etc...- Vamos diminuir isso aí? Pra que esse drama? E se acontecer mesmo uma guerra, você vai poder impedir? Não. Então, deixe pra sofrer quando chegar e se chegar, ok? E na pior das hipóteses, ainda que estourasse uma guerra nuclear aqui, vamos morrer, findar aqui e continuar em outras moradas. Gente, vamos ser espiritualista de verdade? Solte, solte, solte! Faça o melhor que puder e solte. 

    As pessoas perguntam como eu estou no meio disso e eu afirmo - EM PAZ - Porque eu confio nas forças divinas, meu reino não é deste mundo, não estou preso a nada aqui. Estou confiante no Bem. Eu confio em Sananda e nos Mestres que administram a Terra. Eles sabem o que fazem e até onde precisam permitir as coisas serem como são. Eu nada sei, posso saber apenas de mim e olhe lá! Se eu confio mesmo em Deus, deixo as coisas com as quais não posso lidar, nas mãos Dele e volto a viver minha vida, fazer o que posso, caminhar do melhor jeito que sei. Amando e amando, fazendo o bem, desfrutando desta jornada, sabendo que é só uma passagem e nada mais. Não tem por que sofrer tanto. Atenção e responsabilidade, já bastam.

    Deixe brigar quem quiser brigar. Deixe discutir quem quiser discutir. Que se envolvam e se afundem nessa egrégora! Deixe que se matem, é escolha deles, é a vibração deles e serão eles os responsáveis por lidar com as consequências de seus atos. Você não quer isso pra você? Então, afaste-se, fique no amor, cumpra o seu papel, no amor, na tolerância, no perdão, ignorando o que não comunga com o Bem que você escolheu para si. De repente, é nessa onda de ódio e revolta que uma limpeza necessária e anunciada, acontecerá. Por isso, não sabemos mais do que nos é permitido, porque a Espiritualidade não quer que percamos a paz. Conhecemos a verdade, sabemos que tudo isso foi previsto que acontecesse, não é novidade pra quem estuda. Então, vamos soltar, certo?


"E por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até o fim é o que será salvo."
Evangelho de Mateus 24:12-13.

Permaneçamos no Amor ensinado pelo Mestre. Se somos realmente seus seguidores, nossa posição é no amor, sempre.
Que o Amor nos cure!
Vinícius Francis :-) 

2 comentários:

  1. Boa tarde querido amigo, maravilhoso texto e era tudo que eu precisava ler e afirmar no momento, Gratidão imensa por seu carinho em nos acalmar o coração e puxar a consciência Divina. Abraços

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo. Eu amo viver aqui e amo o Brasil,mas não vou me descabelar com nada disso. Essa é a hora de vivenciar o bem em sua plenitude.

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.