terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Elohim - O que fazer quando a realidade parece desfavorável?



    Se eu pudesse sugerir hoje uma mensagem a todas as pessoas do mundo, seria esta. Gratidão, amados Elohim, por fazerem parte da minha jornada e me ajudarem a ver a vida de um modo que talvez eu nunca enxergaria sem vocês!   
Boa leitura! E se gostar da mensagem, compartilhe! :-) 

    Os ventos não estão soprando contra ninguém. Eles apenas sopram. A pergunta que fica é – Vocês estão se colocando a favor dos ventos da sorte ou contra eles? Não é tarefa do vento soprar a favor de vocês, essa tarefa é vossa. E se fizerem isso, nem sempre os ventos soprarão a favor de vocês, eles continuarão simplesmente soprando, mas garantimos, vocês se conectarão com as melhores correntes.

    Que sejamos para vocês um forte vento de sorte neste dia. Que sejamos um sopro de inteligência a vos inspirar num caminho de compreensão. Que sejamos uma boa maré de positividade, conduzindo-vos sempre a uma melhor posição, a fim de que nela vocês possam ser mais bem sucedidos. Não existem forças do universo propositalmente colocando pedras em vosso caminho para que tropecem nelas.

    Assim como o vento que sempre sopra, porque é seu papel soprar, as pedras estão em toda parte. Elas simplesmente são o que são. E é mais sábio aprenderem a se desviar delas do que questionar o porquê de elas estarem ali, não concordam?

    O que vemos em vocês é que se revoltam pelas coisas serem como são, como se elas não devessem ser como são e nem fluir como fluem. Mas, elas são o que são. Assim como vocês são quem são. E nenhum de nós abandona nosso fluir no fluxo positivo para questionar o porquê de vocês serem como são. Porque isso nos desviaria de nosso objetivo, que é sermos infinitamente positivos.

    Deixamos que vocês sejam como são e isso é o suficiente para tudo ser perfeito. Visto que do modo como vocês sabem viver, construirão um destino com base nisso e vossa própria criação irá vos ensinar acerca do melhor caminho. A experiência sempre vos ajuda a encontrar um caminho melhor, pra tudo. Por isso, por que nos revoltaríamos com vocês, por serem quem são? Isso não é inteligente e nem funcional.

    Da mesma forma são vocês com a realidade em volta. Revoltarem-se contra ela não fará com que ela mude. Ela simplesmente ficará mais e mais evidente, pois quanto mais atenção e importância emocional, mais se envolvem na energia daquilo que está sendo observado. E adivinhem, criarão exatamente mais da realidade contra a qual se revoltam e se debatem. Entendem por que não nos revoltamos em relação à ignorância dos seres que habitam mundos como os vossos? Não queremos criar mais disso (risos).

    E perguntamos a vocês: Querem criar mais daquilo que vos aborrece? Se a resposta for “não”, então, tirem o foco de revolta. Querem expandir o contraste que parece vos provocar negativamente? Então, parem de dar importância pra ele. Ele é o que é, apenas flui porque é parte do meio e nada mais. Se o tomam como foco de observação, logo vosso ponto de atração e criação estarão direcionados a ele. E todas as forças que vos ajudam a experimentar aquilo que criam com vossas faculdades energéticas trabalharão para dar exatamente isso para vocês. Por isso, definitivamente, essa não é a forma mais sábia de lidar com aquilo que não querem.

    Parem de se debater contra o vento que sopra numa determinada direção aparentemente não favorável. Ao invés de investirem força em mudar o rumo dos ventos, mudem a vossa posição no fluxo dele e aprendam a se beneficiar daquilo que a vosso ver está querendo atrapalhar.
    É mais fácil pegar carona na onda do mar e nadar até a margem do que tentar forçá-la a não se mover em direção à areia. De fato, não conseguirão impedir que ela faça isso. Simplesmente não podem.

    E precisam entender que muitas coisas em vossa realidade são exatamente como a onda do mar, quer vocês queiram, quer gostem ou não, elas são como são e nada poderão fazer para mudá-las. Por isso, gastar tempo e energia tentando mudá-las não resulta em coisa alguma, apenas em sofrimento.

    Antes, entendam que se não podem mudar algo é porque são vocês que precisam mudar em relação ao algo. Sendo assim, voltarão sua atenção ao que pode ser mudado. E o que pode ser mudado? A vossa energia, vossos pensamentos, vossas emissões vibráteis (e atitudes). Isso sim, está em vosso poder mudar.

    Porque ao fazerem isso, talvez não mudem algumas coisas da realidade atual que desagradam vocês, contudo terão mudado a vossa energia. E mudando de energia, vocês mudam de realidade. Esta realidade continuará sendo esta realidade, mas vocês não. Então, serão levados a outra que combine com aquilo que estão vibrando. E fim de conversa. Podemos voltar a tomar nosso chá e deixar vocês com o resto. Porque isso é tudo.

    Não se muda uma realidade (diretamente), não é inteligente agir desse modo. Porque uma realidade é produto de consciências que a vibram. Sendo assim, se tudo é produto do vibrar das consciências, então, que o vibrar seja mexido, para que como consequência, a realidade também mude. Vocês querem mudar o produto final, elaborando-o sempre com as mesmas matérias-primas. Querem bolo de fubá, mas insistem em colocar chocolate na massa ao invés do fubá. Como essa receita pode produzir bolo de fubá? E é assim que isso soa pra nós quando se debatem com a realidade que “não muda”.

    E então, daqui, dizemos a vocês (quase gritamos em vossos ouvidos): Ei, troque o chocolate pelo fubá e sairá do forno um bolo diferente! Esqueçam a realidade, prestem atenção em vocês. Deixem que a realidade do meio seja o que é, pois de repente, para outros, ela é interessante. Se não é pra vocês, então quem está em desarmonia nesse jogo vibrátório? VOCÊS.

    Esqueçam a realidade, pelo menos por hoje. Esqueçam as coisas que parecem não ir bem. Esqueçam a enxurrada que parece ter ensopado vosso sapato propositalmente. Não, ela apenas estava fluindo. A chuva não estava tramando contra Vinícius (Ele entende o que queremos dizer aqui), ela estava apenas caindo. Estava apenas sendo quem é. Se ela o molhou não foi porque tinha algo contra ele. Ora, a chuva é feita de água, não concordam? Ela existe justamente para molhar (risos). Se não querem se molhar, por que estão debaixo da chuva?

    Se não querem se sentir mal, por que então nutrem pensamentos que fazem com que se sintam mal? Se não querem se sentir desinteressantes, então por que buscam os olhares dos outros a fim de se auto afirmarem como interessantes através deles? E se o outro não apreciar quem vocês são? Serão desinteressantes por isso? Não, é apenas o olhar do outro, não a definição do universo a vosso respeito. Serão desinteressantes quando tentarem ser interessantes aos olhos dos outros. E serão amados e únicos, sublimes e perfeitos, quando decidirem se olhar com olhos de amor e aprovação.

    Mas isso não fará com que sejam do mesmo modo considerados por todos em volta. Todavia, estejam certos, aumentarão muito as probabilidades de se encontrarem com aqueles que sentem o mesmo, por si próprios e quem sabe, por vocês também.

    Então, encerramos dizendo – Não existe realidade desfavorável, existe uma postura vibratória de desfavorecimento. Não existe mundo ruim, existe uma vibração negativa percebendo o que há de ruim no mundo. Porque se escolherem ser positivos, talvez não mudem o mal do mundo, pelo menos não num estalar de dedos. Mas, afirmamos, estarão bem mais próximos de um mundo feliz quando assim se encontrarem. Estão mais perto de um mundo melhor quando estão melhores. Estarão mais perto do que desejam se estiverem bem.

    E a realidade? Deixem que ela seja o que é. E vocês, sejam quem são, pois sendo quem são em felicidade e olhar positivo, quem sabe, poderão contagiar os demais para que sigam a mesma visão! E se assim fizerem, aquela realidade lá atrás que parecia monstruosa, simplesmente terá mudado.

     Porque vocês (humanidade) não são produto da realidade do mundo, mas senhores dela, se assim escolherem acreditar
    Que os ventos soprem, que a chuva caia, que tudo seja como é. Tudo está perfeito. E que vocês fluam. E desejamos que seja de forma positiva, afinal, vocês serão os maiores beneficiados.


Haja luz! 
Canalizado por Vinícius Francis 
Direitos Autorais: © Vinícius Francis, 2018 
Magia da Transformação - AQUI
Loja Virtual - AQUI
Nossas páginas do Facebook:
Comunidade - AQUI
Grupo fechado - AQUI
Página pessoal (Vinícius Francis) - AQUI




6 comentários:

  1. Linda massagem de notável ensinamento, gratidão a você Vinicius e aos Elohim.

    ResponderExcluir
  2. Vinícius, simplesmente incrível essa mensagem! Vou pegar um gancho no seu agradecimento e dizer que os Elohins abriram para mim uma outra forma de viver. Gratidão a eles e a você pela forma maravilhosa que estou vivendo e pela minha felicidade. Gratidão ao seu blog inteiro!

    ResponderExcluir
  3. Tão simples e profundo, ao mesmo tempo. Como eles são incríveis, como é incrível a arte de BEM VIVER, basta a gente querer. Eterna gratidão a você, como instrumento desses seres tão iluminados, por nos transmitir tamanha sabedoria.

    ResponderExcluir
  4. Muito profunda a mensagem. Estava precisando desses palavras.

    ResponderExcluir
  5. Puxa, me emocionei tanto que estou até chorando. Senti como se estivessem falando comigo. Muito lindo mesmo!!!
    Muito obrigada

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.