terça-feira, 14 de novembro de 2017

Magia da Transformação - Por que precisa do Vinícius?



Conforme eu havia dito nas últimas palestras, vou dar algumas informações importantes a respeito da Magia da Transformação e sua dinâmica. Quem ouviu a palestra sabe que fui questionado por uma pessoa a respeito desse trabalho. Ela disse que os Elohim podem ajudar todo mundo indistintamente, independente da MT. Bom, até aí tudo bem. No entanto, com respeito à MT, infelizmente não é possível sem o canal, ou seja, a minha pessoa. Por quê?

As frequências da MT são de origem extraterrestre, não possuem a mesma polarização energética da Terra. Todos nós que vivemos aqui somos polarizados na frequência desta dimensão para que possamos viver nela. Por isso nosso corpo habita este lado da moeda, porque suas partículas vibram na frequência de tudo o mais que existe aqui no plano físico. 

Além disso, temos um campo magnético que tem sua polaridade específica. Essa polaridade precisa combinar com a do campo da Terra, do contrário, se isso não acontece, o Ser simplesmente não pode viver nela. Cargas diferentes se repelem. Isso explica o porquê de espíritos serem deportados dos mundos onde se encontram para outros, porque a sua frequência deixou de combinar com a do planeta onde vivem ou viviam. E isso pode acontecer tanto pra cima quanto pra baixo. Traduzindo – O indivíduo pode elevar sua frequência acima daquela na qual o planeta está polarizado ou pode se manter abaixo dela. Em ambos os casos, há uma reação.

Os Elohim possuem um campo infinitamente superior ao dos seres humanos deste mundo. Sendo assim, como uma carga tão alta pode entrar num campo tão baixo, diretamente? Simplesmente não pode. Frequências de polarizações extremamente distintas não entram em fase. A frequência de um campo de origem extraterrestre extremamente superior ao nosso não tem passagem no campo do ser humano, cuja vibração é muito mais “lenta”.

Conclusão – Os Elohim nunca poderiam inserir as frequências da MT diretamente nas pessoas. Se isso fosse possível, o mundo já estaria um paraíso. Mas não está, o que revela que as coisas não são como muitos pintam ou acham. Tente passar um elefante por um buraco de rato. Você vai conseguir? Não.

Então, qual a solução? Usar uma “Ponte”. Para que eu pudesse “ouvir” os Elohim e interagir com eles tive que receber a polarização Deles em meu campo, antes de reencarnar. Essa “tecnologia” é o que me permite ouvi-los, porque existe “algo” Deles em mim, nos corpos sutis, não nos densos. Uma vez Eles me explicaram isso de forma mais detalhada. Se isso não tivesse sido providenciado, eu jamais teria essa interação nítida com Eles, pelos motivos citados lá em cima. 

Os Elohim não são seres desencarnados ou espíritos que ascensionaram aqui após jornadas e mais jornadas humanas. Eles não possuem ligação direta com a Terra, como Sananda e Athena, por exemplo. Portanto, assim como o sinal de telefone precisa de um antena para ser transmitido ao seu celular, o sinal da MT também precisa de uma "antena" pra fazer seu trabalho. Para que seu celular capte as ondas da rede, ele precisa receber esse sinal de uma antena que tenha sido instalada na região onde você mora (salvo alguns sinais provindos de satélite, já existe isso, mas só quero dar um exemplo aqui). Do mesmo modo, a "antena" que capta o sinal dos Elohim precisou estar no ambiente a ser auxiliado, para que pudesse realizar seu trabalho. Lógico, não?

Por causa dessa frequência posta em meu campo é que foi possível a interação com Eles. Quando iniciamos o contato, minha abertura tinha que ser trabalhada para, mais tarde, ser capaz de permitir a passagem das frequências da MT. Uma vez eu os perguntei — Foram precisos nove anos pra eu ser capaz de executar este trabalho? — E a resposta foi — Foram necessários milênios. — Mas não convém, pelo menos por enquanto, falar sobre a minha trajetória cármica aqui na Terra. Quem acompanha este projeto sabe que tal "tecnologia" era usada em Lemúria e também pelo Mestre Jesus, então, junte as peças! 

E nesta vida, meu campo (humano) finalmente se tornou “capaz” (aberto o suficiente aos Elohim) de canalizar as frequências da MT, bem como todo o trabalho que fazemos aqui. Por isso, é bom que fique claro que esse projeto é estruturado por uma inteligência superior e orquestrado de maneira inteligente para que alcance o seu êxito. Esse é um projeto não somente dos Elohim, mas do Mestre Jesus, de Palas Athena, Sacerdotisa Amaranthus e de todos os Seres que me auxiliam, pois faz parte de um cronograma de evolução planetária baseado na política de desenvolvimento espiritual de mundos como "Novo Amanhã". E é importante frisar que este trabalho teve início e do mesmo jeito, terá fim, porque existe um limite suportado pelo campo para canalizar tais frequências.

Sendo assim, no momento em que as frequências de luz da MT são transmitidas dos planos superiores, condensam-se em meu campo, que tem tanto a frequência desta dimensão quanto a dos Elohim, ”posta” há sei lá quanto tempo. Essa condensação é que torna a frequência enviada por Eles compacta, compatível com o campo dos seres humanos daqui. Agora, como isso ocorre já é outra conversa.

Em seguida, ela precisa ser armazenada, certo? E é aí que entra o cristal lemuria (ou obelisco). Tal mineral (cuja energia é pura e positiva) é capaz de armazenar este tipo de frequência pelo tempo que for preciso. Então, o cristal é enviado para a pessoa, com a frequência devidamente condensada. E assim, é possível que ela receba eu seu campo as frequências compactadas segundo a pulsação vibratória que possui (deste mundo, campo humano).

Ficou claro por que o trabalho precisa passar por mim? Outro ponto levantado por alguns: Por que eu cobro pelas frequências dos Elohim? Eu não cobro por isso, eu cobro pelo meu serviço prestado. Para realizar este trabalho há gastos, Correios, objetos necessários, atendimento, etc. Sem falar nos projetos que ajudamos. Não vou ficar explicando aqui a necessidade das trocas monetárias, quem quiser ler mais sobre isso e o ponto de vista de nosso trabalho a respeito, clique AQUI.

Espero que o entendimento chegue à consciência de todos vocês. É preciso entender que as ferramentas extraterrestres se utilizam de tecnologias que para nós ainda são muito pouco compreensíveis. É razoável, pois se você voltasse no tempo, na idade média, e dissesse que existe computador ou celular, também não iam compreender e provavelmente diriam que você está louco. O que se pode fazer é, pelo menos, ter interesse de pensar fora dessa caixinha 3D e enxergar que o Universo é bem mais do que aquilo que aprendemos a pensar que é.

Luz & Benção!
Vinícius Francis 

3 comentários:

  1. Que gente mais sem noção... Eu faço a MP e garanto que é um trabalho sério. Se não rolou afinidade com o seu trabalho vai procurar outra coisa. E além disso, pq um profissional não pode cobrar pelos seus serviços? Que crença ridícula é essa sobre o dinheiro? O Vinícius é um profissional dos melhores, a sua missão é espiritual sim, mas isso não significa que ele não trabalhe arduamente para nos oferecer tantas coisas boas. Ele é fraterno e solidário acima de tudo. Sempre responde com rapidez as solicitações daqueles que lhe solicita. Então, quem escreveu essas críticas, vai entender seu lado Sombra e vai fundo mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Mais uma coisinha que esqueci, fazer esse tipo de trabalho requer muito estudo, muita horas para receber as mensagens e experimentar antes de todos. É muito trabalho e muita eergia despendida. Essa é a nova "ciência" e requer preparo, estudo e muita, muita coragem para se expressar da forma como o Vinicius faz, pq não está quebrando paradigmas. Vinicius vc é um profissional e uma pessoa muito especial!

    ResponderExcluir
  3. Não consigo entender essas pessoas "desmancha prazer". Sinto muito por elas! Acredito no CHAMADO desse trabalho, foi por essa motivo que adquiri a MT, Confio em tudo que vem de Vinícius, tenho minhas razões... SENTIR me basta! Gratidão aos Filhos da Alva!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.