quarta-feira, 21 de junho de 2017

Curso "Em sintonia com o Amor" - Aula 04 - Sexo, dádiva e armadilha


Direitos Autorais: © Vinícius Francis, 2017
Não é permitido compartilhar este conteúdo em redes sociais, sites ou blogs. 
Caso queira divulgar este trabalho, compartilhe o link.
Grato pela compreensão! :-) 

Entramos numa fase muito importante em nosso curso, que é onde começamos a construir uma energia que favorece a atração de um bom relacionamento amoroso. Sabe por que as pessoas vão muito em busca de feitiçarias pra conseguirem o que desejam? Porque querem cortar caminho. O mesmo com a prosperidade e todas as outras coisas que são boas. Poucos querem ter o trabalho de edificar.

Por isso é sempre mais fácil comprar a maçã na feira do que plantar uma macieira. No entanto, quem sempre compra a maçã na feira terá de ingerir junto da fruta o veneno que a conserva, o agrotóxico. Já quem planta a macieira e se dedica a cuidar dela, por mais que tenha de esperar pela colheita, terá a graça de provar um fruto puro, inteiramente saudável. Fica a dica.

E seguindo, é necessário criar em nós um campo favorável pra um relacionamento nota dez. Vimos alguns conceitos até aqui e considero cada um deles bastante importante para que se entenda a dinâmica dos relacionamentos. E na construção desse padrão positivo existe a reeducação quanto às crenças, valores, posturas, escolhas e autoimagem. Autoimagem... Começou a complicar!

Se eu fosse resumir como funciona a magia do amor eu diria o seguinte: Você atrai alguém semelhante a você, em padrões vibratórios. Não em gosto ou preferências, temperamento, jeito de ser. O mundo em volta de nós, bem como as pessoas que convivem conosco são um reflexo da nossa energia. Quer se conhecer? Olhe pra dentro. Não sabe fazer isso? Olhe pra fora e se verá através daquilo que gravita em volta do seu campo de manipulação magnética.

Diz-se que somos a soma das cinco pessoas mais próximas de nós. Eu diria que somos a soma do todo, das pessoas (todas elas), coisas, lugares, situações e experiências. Não há como algo ser parte da sua experiência se não tem afinidade (qualquer que seja ela) com você. Claro que tendemos sempre a buscar quais são as semelhanças negativas. É uma defesa psicológica, todo mundo faz isso. Porém, é preciso se reeducar para apreciar em primeira mão as semelhanças positivas. Inclusive se o interesse é por mudar de vida, é necessário ter o cuidado de observar as coisas por um ângulo positivo.

Alguma dificuldade em entender até aqui? Observação positiva = Foco positivo. E isso por sua vez atrai o que é semelhante. Observação negativa = Foco negativo. O que faz com que se atraia o negativo. Pois quando se está positivo não se observa a parte negativa como ruim ou representação do mal. Apenas como partes de nós que precisam de maior atenção, cuidado, trabalho, força, amor. Feito isso se resolve qualquer problema na vida. Gente, que receita simples! Na teoria, claro!

Se a pessoa, ao invés de murmurar, se culpar, se martirizar e se sentir impotente e desgraçado sempre que algo ruim acontece, procurar observar o que nela precisa de uma injeção de amor pra ir bem, mataria a grande charada que é viver no fluxo. E amor é o quê? Cuidado, atenção, apoio, incentivo, motivação, cura, amparo, zelo, exercício, etc...

Só que não fazem isso. Preferem amaldiçoar a própria sorte. Sorte essa que é apenas uma conjunção de crenças vibrando e criando situações. Nada mais. E que pode perfeitamente ser transformada se a pessoa quiser enxergar o problema. Tem isso. Porque na maioria das vezes as pessoas não querem reconhecer o problema. A vítima assumida parece mais confortável. Só que tal postura paralisa tudo o que existe de bom, concernente ao fluxo do Amor.

E então, vem só relação lixo. Uma pessoa mais complicada que a outra. Sempre o mesmo tipo de gente, de experiência. Sempre acaba numa desilusão, num chifre (s), num coração partido, em briga. Sempre assim. E continuará assim até que se perceba o real problema e mude. E qual é o real problema? Está lá na frente do espelho. Só ir lá ver qual é a causa de tudo.

As pessoas que você atrai são um reflexo dos seus pontos fortes e dos seus pontos fracos. Atrai só gente molenga e mal resolvida? É porque você também é assim num âmbito interno. Atrai só parceiro (a) que te trai? É porque você também se trai. E se faz isso com você também faz com os outros. Mente, passa a perna, dá uma de “João sem braço” (minha mãe dizia isso). Paga de sonso, espertinho, agride-se emocionalmente e faz o mesmo com os outros. É ríspido, duro, violento, possessivo, chato, sem autoestima. E vem o que como reflexo? A mesma coisa.

Tem como você, que tem cabelos escuros, se olhar no espelho e ver alguém lá de cabelos loiros? Não tem. Do mesmo modo é pensar que vai atrair gente de qualidade e com valores de alto nível se os seus são baixos. A vida te dá o que você dá pra si mesmo. E como você age consigo determina o que virá de fora. É sempre assim. Não concorda? Vai discutir com Deus. 

Não aceita? Tudo bem! Vá então, amarrar o nome de alguém na vela e fazer macumba. Force, tente a todo custo e veja o que vai acontecer com você e sua vida. Não vou dizer o que acontece. Se quiser, faça e descubra. Acenda uma vela vermelha pra atrair namorado. Vai lá, faz simpatia, pague um feiticeiro, leve champanhe pra uma entidade em troca de namorado (a). Faça um acordo com algum espírito. Depois volte aqui e me conte o que houve. Melhor, relate como depoimento, pra eu postar e servir de exemplo para os outros.

Do contrário, vamos trabalhar! Afinal, somos nós que criamos nosso destino. E pra começar direito, daquele jeito legal, vamos falar do assunto da humanidade, SEXO. Só se fala nisso, só se pensa nisso, só se quer isso. Uma das maiores motivações por trás de um relacionamento é o sexo. Um dos impulsos fisiológicos mais forte que temos. É hormonal.

Nos homens então... Vixe! Nem se fala! E sexo é bom. É de Deus, é legal, só pra constar. O problema é como ele acontece (em termos de energia). No homem, a necessidade por sexo é maior que na mulher. Por quê? Porque a natureza criou o macho com a função de fecundar, então, ele produz sêmen constantemente. Tudo isso pra garantir que a espécie se perpetue. As fêmeas entram no cio em determinados períodos, mas os machos vivem nele. Porque a eles é dada a função de doar o sêmen.

E como é algo que se produz praticamente o tempo todo no organismo do homem, é necessário que haja estímulos hormonais criando o interesse pelo sexo pra liberá-lo. A libido vai lá em cima e eles só pensam naquilo. É a natureza, fazer o quê!? A testosterona faz isso nos machos e nos homens. Por isso que homem costuma ficar ranzinza e chato na andropausa, porque perde testosterona. Perde o tesão por tudo. Aí fica com aquela cara de “&*@#” (aqui não posso escrever isso). Neste caso, precisa cuidar da saúde. E se não fosse assim (a libido masculina lá em cima) a vida na Terra teria fracassado.

As fêmeas precisam entrar no cio, então, seu organismo tem de se preparar de ciclo em ciclo para a reprodução. Não dá pra ela lidar com tudo isso, ser mãe, amamentar e cuidar dos filhotes e ainda ter que pensar em procurar o macho pra acasalar. A natureza deu essa tarefa pra eles. Botou nos machos bastante interesse pelo sexo e assim, eles fazem a parte da corte.

Então, é natural o homem pensar em sexo sempre. Esse estímulo é da natureza. Ela não quer saber se o cara quer ser pai ou não. Ela não quer saber se ele pode ou não transar com alguém, a natureza vai excitá-lo. É um comando hormonal, o corpo precisa liberar o sêmen. 

Ou ele pensa voluntariamente nisso ou o próprio cérebro o induz durante o sono, criando sonhos eróticos. Ocorre a excitação involuntária e o corpo libera o sêmen através do que se chama “polução noturna”. A natureza, sendo perfeita, criou um mecanismo nos homens de expressão da ternura através do sexo, pra que não seja um interesse meramente hormonal.

E há muita mulher que acha ruim o sujeito desejá-la sexualmente com essa intensidade. E elas dizem – Nossa, você não pensa em outra coisa? Mas gente, é o jeito que a natureza deu a ele de expressar a ternura! Essa libido é o que faz os homens se cuidarem pra serem belos, atraentes e principalmente, saudáveis. Tira essa libido do homem pra ver o que fica. Ela os confere tesão pela vida, desejo, ternura, vitalidade, virilidade, força. 

Aí as mulheres jogam um balde de água fria nos companheiros quando os mesmos manifestam esse apetite sexual mais aguçado. Claro que é necessário educar isso! Foi-nos dado intelecto justamente pra administrar tudo com sabedoria e equilíbrio. Mas é da natureza do homem esse interesse. E a mulher, se quer ter um cara feliz ao lado dela, precisa compreender a questão.

O tesão da mulher, a sua libido, é muito mais emocional do que sexual (tato). Porque ela é mãe, precisa de hormônios adequados à função que a natureza as deu. Por isso são mais afetuosas e carinhosas. Mais emotivas, sensíveis, sentimentais. É da natureza feminina. Ela não produz sêmen, não tem que fecundar, então, é natural pensar menos nessa parte (relação sexual). O que excita uma mulher (as meninas aí podem confirmar isso) é muito mais o tratamento que eles oferecem a elas do que propriamente a relação sexual. É o jantar romântico, as flores, as belas palavras, o carinho, o cavalheirismo, a amizade, a atenção dos companheiros e a consideração ao que elas sentem. Você, homem, experimente acompanhar sua parceira num programa que seja muito o mundo dela. Interaja, participe, dê importância ao que ela gosta e verá o resultado!

Elas são mais emoção que o homem. Não quer dizer que não gostem de sexo e que não curtam apreciar outros aspectos da intimidade na relação. Claro que gostam! Assim como os homens também são emotivos e curtem ser tratados com carinho, respeito e atenção. 

Mas, dentro do conceito gênero, espécie e hormônio, a natureza dá mais coisas pra um que pra outro, assim tudo se equilibra. Eu não cito aqui relações homossexuais porque dois homens ou duas mulheres podem se entender mais facilmente por serem do mesmo sexo. 
Eles têm a chance de sentir na pele o universo do outro. O que não acontece na relação heterossexual.

Então, um homem precisa entender que a libido da mulher se expressa de forma diferente da dele, e vice versa. Só que aí mora o perigo. O homem tem uma urgência hormonal maior pelo sexo. A mulher tem uma abertura e carência emocional mais fortes. Eis a armadilha. Ambos se tornam escravos do sexo para preencherem suas necessidades, tanto físicas quanto emocionais. E entram numa fria. O homem precisa transar (ele acredita nisso por imposição social). A mulher precisa de carinho e atenção (outra conversa fiada), então acaba transando pra ter isso do outro. Resultado – catástrofe.

Na mulher – Emoções frustradas, coração partido e o sentimento de ter sido usada, por mais que mascare. No homem – Mais tesão, porque isso não para, nunca está bom. E a ternura (que ele também procura, só não enxerga isso na maioria das vezes) comprometida. Lado emocional cada vez mais atrofiado. E a energia de ambos terrivelmente suja pela troca de informação realizada na relação sexual. E pouca gente tem consciência disso.

Perante esse quadro, o que as pessoas fazem? Preservam-se para se curar e se resolver? Não, procuram mais sexo. E aumentam mais o problema. E depois querem atrair relações de sucesso. Como? Se transam com todo mundo? Como podem atrair amor e uma relação de respeito se não respeitam seu corpo, a kundalini que é sua energia criativa mais poderosa, sua ternura, seus sentimentos? IMPOSSÍVEL!

Na relação sexual existe uma troca de energia. Você doa e capta. E se não há um filtro nisso, danou-se! A aura está um lixo, com informação e energia de tudo quanto é gente. E chega a um ponto em que a pessoa é muito mais a soma de todos com quem transou do que ela mesma. E pega tudo, os problemas, as manias, os conflitos e até os obsessores dos parceiros. Quem tem mediunidade aberta então... Se lasca com força!

Estou dizendo isso pra você não transar? Claro que não! Apenas te ensinando a ser senhor da sua libido. Não faça sexo só pra satisfazer o corpo, pra isso tem a masturbação. Além do mais, você exercita do seu amor próprio através dela. Se a desculpa é liberar o sêmen ou aliviar a excitação, não tem problema, masturbação faz isso. Não precisa de outra pessoa. 

Precisa se é pra trocar sentimentos, se é pra ter uma experiência legal que vai acrescentar carinho, ternura. Aí é natural o envolvimento. E mesmo assim, escolha bem com quem você transa. Porque a inhaca da energia alheia vai atingir você, inevitavelmente.

Tanto pra homem quanto pra mulher a auto satisfação funciona, se é carência física, tem jeito de resolver. Se é emocional, também. É sua função se dar amor, importância, carinho, ternura. É sua função se preencher com consideração. Ficar mendigando isso do outro é atrair problema! Porque quem não tem atrai mais do que não tem. O carente atrai decepção.

 — Ah, mas eu queria tanto amar alguém e ser amado! Queria abraços, carinhos e ter alguém pra compartilhar a vida e blá blá blá!  — Adote um cachorro ou um gato, pronto! Carência afetiva e emocional se curam muito mais com amor próprio e animal de estimação do que numa relação afetiva-sexual. Está carente? Dê amor, faça o Bem ao próximo. Está sexualmente carente? Resolva o problema com você mesmo. Não procure outras pessoas só pra isso. Porque você vai puxar energia delas e vai doar a sua também.

A Kundalini é energia criativa. Se você dá sua energia pra todo mundo e não seleciona melhor seus parceiros, acaba ficando sem para levar as suas coisas em crescimento e prosperidade. E depois não sabe por que a vida não anda! Não sabe por que não tem saúde! Não entende o porquê de não atrair namoro decente! PORQUE NÃO TEM ENERGIA PRA ISSO. PORQUE DÁ TUDO PROS OUTROS! PORQUE NÃO TEM O MENOR VALOR PRA SI MESMO E SE ENTREGA PRA QUALQUER UM. Pronto, agora deu pra entender, né?

A pessoa se comporta como se fosse maçaneta da porta de um banheiro público, todo mundo põe a mão. Aí fica difícil! Quer transar com alguém? Saiba pelo menos escolher seus parceiros e cultive algo mais do que excitação física entre vocês. E que seja com alguém que valha a pena por dentro também. Pois as consequências da promiscuidade são sérias! Afetam a energia, o corpo, a saúde, as emoções, tudo. Tome cuidado. Seu corpo não é seu cartão de visita pra ser entregue ao mundo inteiro. Respeite-se! E então, terá uma energia mais limpa, de valor e positiva.

E outro ponto, não se contradiga quanto ao seu desejo. Se o que deseja é um namoro sério, algo duradouro de respeito e amor entre você e outra pessoa, seja coerente em ter um viver baseado nisso. Essa de “Enquanto a pessoa certa não chega eu vou passando o rodo” vai fazer você literalmente se estrepar. Não é bem por aí. É como querer ser rico, mas agir e viver como pobre. Não entra em fase com a riqueza e nada acontece. Não queira atrair príncipe (princesa) se você age como um “sapo” (na lama energética, no brejo emocional, coaxando desespero e carência aos quatro cantos. Lamentável essa situação!).

Lembre-se, se você ficar se envolvendo com as pessoas erradas enquanto espera a pessoa certa aparecer, quando ela surgir, a errada será você.

Exercícios:

1- As questões abaixo não são verdades sobre a lei da atração que determina os fatos em nossa vida, exceto:
A- Atraímos pessoas, coisas e situações diferentes de nosso padrão vibratório com o fim de nos estimular à evolução e à elevação da frequência
B- As situações que atraímos, mesmo que negativas, acabam servindo em última instância para nos amadurecer
C- Tudo o que você atrai de certa forma é posto por Deus em seu caminho para que você evolua.
D- Não importa o que façamos, sempre atrairemos o mesmo tipo de situação até que entendamos que é preciso cumprir o carma
E- Essa é muito fácil, manda outra mais difícil

2- Por que o homem naturalmente pensa mais em sexo do que a mulher?
A- Porque homem é bicho safado
B- Porque foram criados sob a crença de que precisam transar para serem homens de verdade
C- Porque é um estímulo diretamente ligado ao Yang, parte masculina de Deus
D- Porque tal interesse aguçado é provocado por um impulso hormonal
E- Letras C & D

3- As mulheres são naturalmente mais sensíveis que os homens. E sabemos que isso é da natureza hormonal delas. O que não corresponde à realidade dentro desse conceito?
A- Emoções mais afloradas interferem negativamente na forma como as mulheres lidam com sua vida afetiva 
B- O fato de serem emocionalmente mais sensíveis não tira o interesse da mulher pelo sexo, por exemplo
C- Ser emocionalmente sensível confere um sentido mais aguçado às mulheres, o que as dá uma capacidade intuitiva ímpar
D- As mulheres cortejadas e agradadas emocionalmente externam melhor a sua libido. Os homens também.
E- Letras A & D 

4- No texto falamos sobre a Kundalini, que tipo de energia ela é?
A- Criativa, é a energia primordial do desejo puro e está profundamente relacionada à energia sexual
B- Cármica e Dármica, e tem ligação com as crenças que mantemos
C- De ascensão e despertar da chama trina
D- É uma energia responsável por produzir hormônios sexuais e libido
E- Energia divina que nos traz criatividade e poder de abstração

5- Quando ocorre uma relação sexual existe uma troca de energia entre os envolvidos. Por que isso acontece?
A- As energias se conectam por um tubo de luz etérico rosado e então, ocorre a transferência de energia.
B- O sexo abre os nossos chacras e nosso campo para a absorção da energia alheia e doação da própria através do Emaranhamento Quântico ocorrido durante o ato sexual
C- O chacra base faz a conexão no momento do sexo e o envolvimento emocional de ambos faz com que energeticamente interajam
D- Só Jesus sabe responder essa
E- Estão corretas as letras A, B & C

Gabarito da Aula 03
1- D / 2- B&C / 3- D / 4- A&C / 5- E

Aulas anteriores: 
Aula 03 - Os Paradigmas do Amor
Aula 02 - Yin & Yang - Comportamentos e relações
Aula 01 - Os estímulos naturais pela busca das relações amorosas

Que o Amor nos cure!
Vinícius Francis :-) 


Que o Amor nos cure!
Vinícius Francis :-) 

Nossas páginas do Facebook:
Comunidade - AQUI
Grupo fechado - AQUI

Página pessoal (Vinícius Francis) - AQUI

8 comentários:

  1. Curso maravilhoso, estou amando, obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente gostaria agradecê-lo pela excepcional orientação Vinícius.
    Estudando a aula 4, em um momento você explica que devemos ser o senhor da nosso libido. Para isso é aconselhável que não façamos sexo só para satisfazer o corpo, para esse intuito existe a masturbação.
    Tenho algumas dúvidas sobre essa prática, a masturbação por meio de conteúdos audiovisuais eróticos em minhas experiências é diferente da masturbação tendo a excitação alimentada pela imaginação (seja com alguém ou alguma situação). Como esses conteúdos de devassidão produzidos pela indústria pode nos afetar (positivamente ou negativamente) e até que ponto? Ao consumir esses conteúdos podemos absorver ou interagir com a energia dos atores? Estamos sujeitos a espíritos obsessores quando consumimos esses conteúdos? Quando a excitação é feita fantasiando-se com alguma pessoa, estamos interagindo com ela energicamente falando?

    ResponderExcluir
  3. Olá leitor, muita boa a sua questão!
    Primeiramente, precisamos tirar a visão suja que temos do sexo. Infelizmente, a religião impregnou em nossas mentes que o sexo tem ligação com o mal. É perfeitamente normal pensar em sexo, ter fantasia e sentir interesse em acessar conteúdo pornográfico, especialmente no caso dos homens, visto que a excitação masculina é bastante visual, bem mais que na mulher, que é mais emocional. Por isso são poucas as que assistem pornografia. Na verdade, não há diferença entre se imaginar fazendo sexo com alguém e ver duas pessoas transando num vídeo. A mente não separa imaginação da realidade. No caso dos atores, o que pode acontecer (muito raramente) é serem vampirizados, devido ao desejo que muitos sentem por eles nesses casos. Mas a questão da interação energética, é necessário que as duas partes estejam de acordo, assim sendo, entram em fase. O que não é o caso, visto que os atores estão ali normalmente pelo dinheiro. E se cada pessoa que deseja outra que está em evidência entrasse em fase com ela, os cantores, atores e celebridades conhecidas no mundo estariam perdidos kkkkk... Eu, particularmente, acho normal, principalmente dentro da psicologia do homem, acessar conteúdo pornográfico, não vejo esse horror que muitos espiritualistas religiosos veem. A meu ver, é bem mais nocivo o pensamento negativo e a emoção de baixa frequência. Seria bem melhor se as pessoas usassem o tempo que gastam com a murmuração, fofoca, ódio e medo, por exemplo, no entretenimento pornográfico, sinceramente! O que oriento neste caso é que isso, assim como tudo, deve ser dosado e filtrado com discernimento. Dependendo do que se acessa dentro desse universo e da frequência com que o faz, é possível sim, acabar atraindo outros espíritos inferiores interessados em se alimentar de sua energia sexual liberada desordenadamente. Por outro lado, Deus sabe que isso faz parte da vida e jamais condenaria o ser humano por querer exercitar algo que Ele mesmo criou. Cabe-nos, claro, a decência,a moderação, o equilíbrio. Chocolate, por exemplo, é considerado o alimento mais saboroso do mundo, mas se for consumido em excesso pode virar a ruína da saúde de qualquer pessoa. Vale a reflexão. Luz e Benção! :-)

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Olá Fabricia, confesso que conheço muito pouco sobre o Tantra. Mas dentro do que sei posso dizer que toda ciência que visa conectar o ser humano ao seu lado mais profundo é válida. Acredito que os ensinamentos do Tantra sejam de grande valia para trabalhar energias densas em nós principalmente na questão bioenergética. E creio que ajude a trabalhar nosso Chacra básico na liberação de energias necessárias e a curar de outras. Entretanto, deixo claro que algumas práticas de massagens tântricas (feitas por um profissional) eu realmente acho que não sejam necessárias, especificamente as sexuais. Determinadas técnicas e práticas, na minha opinião, devem ser executadas somente entre um casal.Aí sim, creio que seja rico e de grande ajuda. Honestamente, já vi alguns vídeos de determinadas "massagens tântricas" e me pareceu mais uma casa de massagem tradicional, com outro nome. A meu ver, se um profissional através de alguma prática excita seu cliente sexualmente (ainda que o faça sob a intenção de ajudá-lo energeticamente) não faz algo muito diferente de um profissional do sexo. É o que eu sinto e é como eu vejo. Mas, relativo aos ensinamentos e visão que conheço do Tantra, certamente são válidos. Luz e Benção! :-)

      Excluir
  5. Oi Vinicius!Sempre muito coerente seus textos, nos trazem uma oportunidade de reflexão e maior autoconhecimento, aí surgem dúvidas e mais dúvidas também rsrs. Olhando para mim e meus relacionamentos, gostaria de saber o que você entende a respeito da seguinte questão: Sinto essa energia opressiva masculina, é como se a maioria dos homens que me envolvo buscassem pelo sexo, e eu reluto quando a isso, porque como vc citou, nós mulheres somos mais emocionais, e isso me incomoda muito, e tenho me sentido frustrada, não quero me sentir como um "pedaço de carne", apesar de entender que os homens são muito mais sexuais, o que não quer dizer que não tenha algum sentimento tb. Mas tenho essa resistência, e não sei lidar muito bem com essa situação, porque na realidade busco por sexo+amor, mas me vejo caindo nos mesmos relacionamentos fracassados. Estou tentando entender a origem desse ciclo repetitivo. Também gostaria de entender sobre essa vampirização sexual, será posso estar sendo vampirizada o que me leva a passar por essas situações?. Gratidão por vc!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara leitora, fico feliz que goste do nosso trabalho e agradeço às palavras!
      Entendo a sua situação e desconforto. Infelizmente, temos um problema sério de consciência na humanidade, onde os impulsos da matéria ainda prevalecem em muita gente. Entretanto, existem homens que querem o sexo com amor. A questão é: Você está alinhada com eles? Porque o que você resiste, persiste. E pelo fato disso te incomodar e te fazer ficar frustrada, adivinha qual é o sinal que você envia ao Universo? EU QUERO MAIS DISSO... E continua sempre fluindo o mesmo tipo de homem, porque eles são um correspondente vibracional ao que você sente. Minha orientação é que resolva essa questão consigo mesma. Aceite que isso é uma realidade neste mundo, mas não é a realidade de todos. E nem precisa ser a sua. Será a partir do momento em que der a sua atenção emocional, como tem feito. Aquilo que não desejamos não pode receber nossa energia, portanto, estenda a outra face a essa realidade e comece a fazer as pazes com ela, ao mesmo tempo, nutra em você uma crença pelo oposto. Aceite que certos homens são assim, é uma escolha deles. Você escolhe o sexo com amor, você aprecia isso, você se abre pra isso, você deixa isso vir pra você. Retirando o incômodo por uma realidade que não quer mais e transformando isso em apreciação à realidade que deseja, a coisa vai naturalmente mudar. Porque o que você foca, atrai. Luz e Benção! :-)

      Excluir
    2. Mais uma vez Gratidão Vinícius, por trazer mais luz e consciência divina as nossas vidas! =)

      Excluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.