segunda-feira, 6 de março de 2017

Será que é por aí?


O título do texto é bastante sugestivo, mas é um convite pra você entrar numa reflexão comigo hoje. E como 2017 é o “Ano Verde”, precisamos mais do que nunca arregaçar nossas mangas e trabalhar em prol da conquista dessa vida melhor que desejamos.

E no meio do caminho de construção de tudo isso nos deparamos com algo que acontece, creio, com todos nós em algum momento. Que é quando fazemos de tudo pra que determinada coisa flua, mas simplesmente não vai pra frente. E isso faz a gente entrar numa série de questionamentos. O mais comum deles é “O que estou fazendo de errado?”

Claro que procurar em nós comportamentos resistentes é sempre positivo para entendermos o porquê de uma situação não frutificar. Mas, e quando não estamos agindo errado? E quando reconhecemos, sábia e humildemente, que nossa parte tem sido feita com esmero? Porque isso acontece de monte. Quantas coisas levam de nós muita energia, anos de dedicação e trabalho persistente e eficaz, porém, parece ter alguma coisa que trava o fluxo abundante daquilo? Por que a porta parece não abrir, mesmo você fazendo de tudo pra que ela abra?

Pra começar a responder, vou lançar outra pergunta pra você: Será mesmo que essa porta é pra você? Hum, interessante refletirmos! Será que esse é o seu caminho? Nosso espírito tem seus anseios e nem sempre nossas pretensões egoicas estão em acordo com eles. E a grande verdade da vida é que só acontece promissoramente aquilo que tem a ver com a alma. Porque é dela que vêm os recursos, os meios e o poder de manifestação.

Porque se você está tentando sem os êxitos almejados e sabe que tem feito tudo certo, talvez seja a hora de se perguntar se esse é mesmo o seu caminho de alma. Obviamente existe um tempo para as coisas e precisamos esperar com paciência determinados resultados. Mas, se não há fluxo constante, mesmo com ação efetiva, inteligente e motivada, então, tem alguma coisa errada aí.

É preciso aceitar que se não flui pra nós é porque talvez não seja a nossa onda. E se não é a nossa não tem energia suficiente para acontecer como realmente aconteceria se tivesse alma e genuíno sentido interior. Por mais que você se esforce, faça bem feito, não adianta, se não é a sua, não vai pra frente. Sucesso e prosperidade não necessariamente têm ligação com qualidade e empenho, porque estas são coisas relativas para serem definidas com um único parecer. Sucesso e prosperidade têm a ver principalmente com realização da alma.

E de repente, a ausência dos resultados que você deseja num determinado projeto, trabalho, missão de vida ou relacionamento seja um recado da vida que diz: Ei, essa não é a sua, esse não é o seu caminho. Escrevo tudo isso porque algo semelhante aconteceu comigo. Um determinado projeto em minha vida recebeu durante anos muita energia, empenho e dedicação de minha parte. Mas não tinha os resultados que eu desejava alcançar. E certo dia, perguntei ao meu espírito o porquê, sendo que eu fazia tudo certinho. 

E foi quando recebi a resposta: Porque não é esse o seu caminho. Embora eu tenha feito tudo com amor e dedicação sincera.
Muitas vezes escolhemos certas coisas por capricho, queremos alcançar determinados objetivos por vaidade, ego e até vingança. Outras vezes até gostamos de algo que fazemos, mas não é aquilo que realmente vai nos satisfazer plenamente. E se não é, nunca terá resultados realmente plenos em todos os sentidos.

Só dá certo quando é a sua onda. Então, analise-se hoje e se pergunte: Estou mesmo fazendo o que minha alma deseja? Estou mesmo seguindo o caminho que é meu? E a partir disso, é hora de mudar as escolhas e a rota.


Crer é a chave!
Vinícius Francis 

Mais sobre nós e nosso trabalho:
Atendimentos individuais - AQUI
Nossas páginas do Facebook:
Comunidade - AQUI
Grupo fechado - AQUI
Página pessoal (Vinícius Francis) - AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.