sábado, 18 de fevereiro de 2017

Os Frutos do Espírito - Persistência


Persistência é o nosso Fruto do Espírito de hoje. Estamos quase terminando nossa saga pelos nove frutos que Athena nos ensinou. Pra falar de persistência é preciso incluir a insistência. Pois, quando a gente compara uma coisa com a outra nesse sentido, o entendimento pode ser mais rico.

Um é o contrário da outro, em termos vibracionais ou "quânticos" (o povo adora essa palavra), e principalmente na prática. Porque na persistência temos ação constante, motivada e inteligente. Na insistência temos esforço desmedido, resistência.

Persistir é manter-se firme em alguma coisa pela qual você trabalha ou em que acredita. É não desistir de prosseguir, mesmo quando as coisas parecem não dar certo ou há desafios pelo caminho. O persistente é o focado, disciplinado, forte, ousado, determinado. Ele não para por causa de problemas, infortúnios, porque ele acredita em si e no que faz. Tem amor, paixão, motivação, alegria em relação àquilo pelo qual é persistente.

Ele sabe que os resultados virão, porque tem alma e verdade no que faz. A persistência o ajuda, dia após dia, a ser mais forte, a lapidar a si e seus sonhos, a se manter em linha reta, erguendo seus projetos. A persistência é fruto do acreditar em si mesmo e isso dá força pra caminhar e construir qualquer coisa. Agora, e o insistente? É aquele que usa força numa determinada causa ou projeto, mas de forma não assertiva.

Insistência é quando percebemos que daquela árvore não sai fruto, mas permanecemos pondo a nossa força, poder e crédito em cima. Insistir é dar murro em ponta de faca, é empenho em prol de algo que não tem como acontecer. E isso tem “n” motivos, depende do que estamos falando. Pode ser uma relação falida, uma profissão que não tem mais mercado ou que exige renovação, uma amizade, um caminho que você acha que deve seguir, mas na verdade, não é o seu de alma. Ou seja, tem tanta coisa! Pra saber se estamos usando persistência ou insistência, basta abraçar o nosso amiguinho já estudado, discernimento.

Estude, avalie, jogue as cartas na mesa, com frieza, firmeza e inteligência, observe sua vida e aquilo pelo qual empenha energia e investe tempo e até mesmo, dinheiro. Ponha na balança seus esforços, amor, dedicação, retorno, resultados e frutos em todos os sentidos. 

Se o resultado for positivo, se esse caminho te faz realmente feliz e se te prospera, principalmente na alma, você está no caminho da persistência. Agora, se o resultado for ruim, se você está se desgastando, acabando com você e nada de resultados, opa, você está insistindo e não persistindo.

Ambos requerem força de nós, mas na persistência a força é canalizada positivamente e nos alimenta criativa e emocionalmente. Na insistência nossa força se vai e sentimos cansaço, desânimo, insatisfação e frustração. Porque não traz resultados. A persistência gera bons frutos, porque é ação funcional e inteligente, focada. Tem preço? Claro! Mas é a sua coisa, é uma árvore que você sabe que um dia dará fruto. Não é pérola lançada aos porcos. Você está entendendo?


Na persistência tentamos aqui, ali e lá, de várias formas, sem desistir ou murmurar. Na insistência batemos naquela mesma tecla, não há mudança de estratégia, é sempre o mesmo esforço, na mesma direção, em cima da mesma coisa e os resultados sempre iguais. O persistente faz por onde, se move e trabalha muito, mas solta a coisa... O Insistente se esforça sem soltar. 

Ambos são teimosos, mas um teima com algo que sabe que dará certo, ele sente, percebe, saca. O outro não, só quer porque quer, porque acha que deveria conseguir, enfim, desconectou-se da alma e se esforça para compensar a falta dela. O persistente se empenha pela motivação que vem dela, olha a diferença! Para quem está persistindo, eu digo: Prossiga, acredite em você e em seus sonhos. Aprenda, estude, expanda e se torne melhor a cada dia. Mais inteligente e capaz para ter resultados cada vez melhores. 

E pra quem insiste, migo (a), só pare, por favor! Chega, aceite que por aí não rola. E redirecione o tiro, numa direção em que sua alma realmente aponte. E você vai acertar, pode crer.
O próximo fruto será .
Leia abaixo os Frutos já estudados 
Crer é a chave!
Vinícius Francis :-) 

Mais sobre nós e nosso trabalho:
MEDITAÇÃO DA PAZ com os Elohim (LANÇAMENTO) - AQUI
Atendimentos individuais - AQUI
Nossas páginas do Facebook:
Comunidade - AQUI
Grupo fechado - AQUI
Página pessoal (Vinícius Francis) - AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.