sábado, 18 de junho de 2016

Amar para ser curado

Há dias venho sentindo de escrever sobre esse assunto que tem sido parte da minha experiência espiritual e de algumas pessoas que tenho acompanhado mais de perto. Falar sobre o Amor e seus efeitos em nossa vida é falar de reconstrução, transformação do ser, mudança interna. E eu me refiro aqui ao Amor divino, embora eu reconheça a importância e benfeitoria de todos os outros amores. E quando eu falo do Amor do divino, também não me refiro ao Amor de um deus lá em cima, que fica olhando por todos. Vocês bem sabem que não é esse o nosso Deus.

O Deus que aprendemos a conhecer é a essência do "Tudo O Que É". Não tem nome próprio, tem todos os nomes, porque Ele é todos ao mesmo tempo. Não tem forma única, tem todas, porque Ele vive em todas as formas. Então, encontrar-se com o Amor infinito desse Deus é encontrarmos com quem nós somos, é nos voltar para nós, à nossa essência e verdade.

E no Curso “Sete semanas de Cura” temos feito esse trajeto, tão lindamente, guiados por Athena. E logo na primeira semana encaramos esse Amor que nos constrange muitas vezes, porque os interesses dele são bem diferentes dos que o ego vem nutrindo no decorrer desta vida. E tenho recebido e-mails e mensagens de pessoas que estão se sentido enormemente amadas após as invocações dos sete primeiros dias, assim como eu senti. Já fui relatado sobre perdão, quebra de traumas, libertação da ternura antes aprisionada. Sim, esse amor faz milagres, transforma realmente quem a ele se abre. 
E é sobre tudo isso e mais um pouco rsrs... Que quero trocar com vocês neste texto.

Amar de verdade é um desafio, eu bem sei que é. Porque amar de verdade implica em vibrar como a natureza plena Dele vibra o tempo todo. E ainda hoje eu comentei isso com a mãe da Márcia Diniz, que o Amor Incondicional consiste em nunca julgar, aceitar, não criticar, não maldizer, não esperar, não condicionar, não se apegar. Esses componentes que citei acima fazem parte do amor humano que é limitado, falho, muitas vezes mesquinho e pequeno.

E o Amor ao qual eu me refiro aqui é um nobre e divino sentimento que transpõe à toda e qualquer limitação que é da carne, da matéria, da ignorância. Está bem acima disso, embora compreenda tudo isso. Sabemos que poderíamos definir Deus a partir da física quântica como uma Onda infinita que carrega em si toda informação acerca de tudo. E cada um de nós é um pedacinho dessa onda, uma individuação dela. Mas por termos “ego”, que nos proporciona a capacidade de nos enxergarmos como seres individuais, com uma personalidade particular, não conseguimos (ainda) vibrar na frequência dessa onda primária, base de toda vida no Universo.

Isso porque, no ego, temos nossas próprias ideias, valores, crenças, jeito de viver a vida. E nem sempre essas coisas combinam em termos de afinidade vibratória com aquilo que Ele (a onda primária) é em essência. Se cada crença, ideia, pensamento, valor, enfim, se cada coisa que mexe com a gente é uma vibração e possui eletromagnetismo, então, tudo o que nos compõe possui uma “informação” determinada.

E num universo onde informações infinitas interagem entre si, uma procurando outras que sejam semelhantes a ela, estamos o tempo todo nos conectando aos muitos “afins”. E isso seriam pessoas, situações, circunstâncias, etc. Disso você já sabe. Agora, sobre a onda que o Criador é, originalmente eu digo, a base pura e perfeita, incorruptível, porque é sobre Ele que eu quero falar, resta saber se estamos entrando em fase com sua informação de Amor incondicional. Resta saber se nossos valores são os mesmos que Ele carrega em si como informação base, irrevogável.

Essa é a pergunta que eu me faço e faço a você também, quais os seus valores e princípios hoje? Você está em fase com esse amor incondicional? Os seus valores vibram em consonância com os Dele? Porque eu te digo, se isso não está acontecendo, então, muito provavelmente a sua vida não é satisfatória e você não tem manifestado seus sonhos. 

Porque quando estamos “em fase” (alinhamento) com a onda que ele é, somos canais abertos para que toda informação contida Nele atravesse nosso ser e interaja com as nossas informações de sonhos e desejos. E isso acontecendo, as cargas de energia somam-se mutuamente, ganham aceleração, depois a perdem gradativamente agregando em si matéria, tornando-se mais e mais densas até que finalmente se materializem na forma de realizações em nossa vida.

Mas para que isso aconteça, precisamos entrar em fase com Ele. E o que eu quero dizer com isso? É necessário que nossos pensamentos cheguem o mais perto possível dos pensamentos Dele, que são de quê? Amor, unicamente de amor. E o que está contido no amor? Tudo, alegria, felicidade, paz, prosperidade, realizações, saúde. O que você deseja a alguém que ama muito? Certamente o melhor, apenas isso.

Quando amamos queremos o Bem, quando amamos emanamos o Bem ao (s) amado (s). Agora, pegue esse amor que é seu, humano, e o aumente infinitamente. Pois bem, eis aí o amor da fonte, esse é o Amor primário que criou o Universo. E não há maior evidência de que foi o Amor que criou o Universo do que estudarmos sobre ele desta forma aqui, pois ao fazermos isso vamos entender o porquê de tanta riqueza e diversidade. Só o Amor pode fazer algo assim, porque somente ele reúne todos os ingredientes para que sejam feitas quaisquer coisas.

Somente ele pode ser perfeito, somente ele pode ter infinitos tons, porque Nele estão todas as cores, somente nele. É só quando amamos que não vemos diferenças, é só quando amamos que não temos preconceito. É só quando amamos de verdade que aceitamos e passamos por cima de nosso egocentrismo para nos interessarmos pelo outro, e nos importarmos com ele como faríamos a nós mesmos.

É só quando amamos que somos capazes de superar medos, traumas, dificuldades, infortúnios, fraquezas, derrotas, problemas. Porque quando estamos no Amor somos capazes de tudo, porque no amor encontra-se o poder que faz tudo dar certo. Por isso, se eu pudesse dizer a você em uma única palavra a solução para tudo, eu diria: AME. Porque no amor está tudo, exatamente tudo o que você precisa ou deseja.

E nessa primeira semana do curso onde vibramos no Amor, na verdade “Eu amo para ser curado”, vamos despindo de nós carapaças rudes, frias, indiferentes, egocêntricas, mesquinhas, pequenas, tacanhas e assumindo os valores que são Dele, de justiça, respeito, paz, alegria, de sentir um sentimento que ao invés de nos prender ou ao outro, liberta e nos torna maiores como Ser ao invés de simplesmente mais influentes no mundo, como muitos almejam, por justamente ainda não terem encontrado esse Amor. E quando ainda não o encontramos, buscamos a satisfação e falta Dele em qualquer outra coisa que nos proporcione uma falsa ideia de preenchimento.

E a verdade é que nunca achamos, porque é só no Amor Incondicional que encontramos todos os ingredientes para que nos preenchamos. Ironias da vida, passamos boa parte de nossa reencarnação indo atrás das coisas deste mundo que possuem certo significado pra nós, na ideia de que nos sentiremos plenos ao conquistá-las. Mas é quando largamos tudo para mergulharmos no Amor Dele, que não só nos tornamos plenos, como gradativamente, vamos nos encontrando com todas as outras coisas que desejamos, das quais corríamos tanto atrás.

Na frequência do Amor e somente nela você entra em fase com tudo o que você quer, porque no amor estão contidas todas as informações, de tudo, a essência de tudo o que é bom. E vivendo Nele, o que Nele habita te encontra e verdadeiramente, você é saciado, abençoado, feliz. Ame para ser curado, ame para ser abençoado, ame para se transformado. Pois aquilo que você tanto vive procurando e não acha, encontra-se no Amor Dele (Criador), em você. Comece a praticar isso, hoje, agora mesmo.

Que o Amor nos cure!
Vinícius Francis 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.