domingo, 24 de abril de 2016

Dicas para sua vida ser melhor

Olha, que a nossa vida se desenvolve a partir de nós mesmos, isso não é novidade, acho que todos nós já ouvimos ou lemos isso bastante. Agora, aprender como agir para que nossa realidade se transforme positivamente é outra história. Claro, esse é um caminho grande, há muito o que se aprender para transformar a vida em uma experiência mais feliz.

Crescemos abraçando um bocado de crenças e valores que no final das contas não nos deram os resultados que gostaríamos. Contudo, trouxeram aprendizados, e isso vale, com certeza. Há muitas maneiras de se trabalhar o interior e desde que produzam bons frutos, qualquer uma é válida. Qualquer caminho serve, desde que te leve ao Bem que você almeja. E eu quero te dar algumas dicas de atitudes e comportamentos que você pode cultivar para começar a mudar de vida. Coisas que na teoria parecem simples, mas na prática geram resultados significativos:

Gratidão: Aí você vai dizer: Mas eu agradeço por tudo... Agradecer é diferente da atitude de gratidão. Como assim? Simples, a gente agradece muita coisa por educação, mas nem todas as vezes que fazemos isso nos sentimos realmente gratos. Confundiu? Eu explico: A gratidão está na sensação que você sente e não nas palavras que você diz. Quando você se sente grato por algo, é porque está feliz por aquilo. É o estado de contentamento, de estar alegre por alguma coisa, num reconhecimento emocional do Bem naquilo que representa a gratidão, não as formalidades.

Nem adianta você sentar na varanda, olhar pro céu e ficar lá: Ai meu Deus, obrigado pelo meu gato, cachorro, papagaio, bicicleta e parari e parará... Não é assim que funciona a gratidão. Você pode até falar em voz alta e usar esse ritual, mas precisa sentir. O sentir é a conexão, não as palavras sozinhas. Então, quer se sentir grato por algo? Sinta o Bem daquilo pelo qual você agradece, sinta o quanto aquilo é bom, o quanto tal coisa, pessoa, situação, enfim, te faz sentir bem. Esse sentir bem é a gratidão. Entendeu?

Otimismo: Claro que só ficar falando que tudo vai dar certo e correr legal, promissoramente, não adianta. É necessário cultivar atitudes interiores que promovam o Bem que se deseja viver. Mas, ser otimista já é alguma coisa, né? Pelo amor de Deus, não tem como atrair coisas boas se toda vez que algo sai do script do idealismo e do “acho que as coisas tem que ser assim ou assado”  o inferno astral começa! Aí vem reclamação, aqueles mantras clássicos, tipo “Por que Deus esqueceu de mim? Essas coisas só acontecem comigo! Cada hora vem um problema! Ai meu Deus, tudo está dando errado.” Esse último aí é perigosíssimo.

Seja otimista, o que custa? Nada! Melhor pensar que vai dar certo do que pensar que vai dar errado. Melhor abençoar do que amaldiçoar. É mais interessante esperar o melhor do que o pior (Mas sem fantasiar demais, tá? Por favor! Obrigado... Por nada, volte sempre!) Melhor dizer palavras de luz e positividade do que viver defecando pela boca (Desculpe, mas é bem isso mesmo).

Procure pelo lado bom das coisas: Gente, chega de drama nessa nossa vida, né? Vamos tentar enxergar o bom nas coisas que acontecem? Ah, a coisa não foi como você planejou? Eu sei, frustra, é um saco, ok! Mas, vamos procurar as lições nisso? 

Vamos descobrir os ganhos da situação? Porque nenhuma situação é só de perda, tudo traz também ganhos, é só parar pra observar com um olhar justo e humilde. E enxergando desta forma, com o tempo a gente até para de achar que as coisas dão errado, cria-se um hábito de ler cada experiência como o melhor que podia ser no momento. Aí está o segredo da coisa, viu?

Cultivar relações que não te acrescentam: Está aí uma das coisas que mais atrasam o ser humano em seu percurso de vida pessoal , cultivar relações com pessoas que não acrescentam o Bem. Seja namoro, amizade, relação familiar, olha, o que recebe a sua atenção e importância, recebe o seu poder (Essa é velha, já ensinei isso cento e trinta e cinco mil, setecentos e quarenta e duas vezes, com margem de erro de 8%)

Preste atenção em quais relações você anda se enfiando. Porque de problemas e questões pendentes já bastam as suas, você ainda vai ficar dando ibope e espaço pra gente negativa, vampira? Olha lá! Preste atenção em suas relações, comece a estudar cada uma delas com um olhar crítico. Lembre-se, você não está excluindo ou desprezando ninguém, está apenas querendo o melhor para si. Se o outro não quer e não saca que precisa mudar, isso é problema dele, você não precisa pagar por isso, a menos que queira, claro!

Então, querido leitor, essas são algumas dicas pra você começar bem a semana. Gostou? Compartilhe, divida esse texto com seus amigos, espalhe o que te faz bem. O que te faz mal, resolva, compreenda, digira e depois jogue fora. 
Linda semana pra você!

Que o amor nos cure!
Vinícius Francis 

Eu dei aqui algumas dicas de como melhorar a sua vida. Agora, temos ferramentas mais elaboradas pra ajudar você de uma maneira mais eficaz e poderosa. Se deseja conhecer nossos cursos, livros e palestras, dê um clique na imagem ao lado.

Um comentário:

  1. Amei esse texto , é gratificante .Me ajudou bastante . Um abraço , Helena Camargo .

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.