quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Conversando sobre Espiritualidade (Parte 02) - Ciclos cármicos e exílio planetário


2016 é um ano de fortes transformações e há muito trabalho a ser feito e ensinamentos a serem passados. Os Mestres e diretores espirituais de nosso orbe estão empenhados em orientar a humanidade, é tempo de mudar a consciência e expandir-se para o novo, que gradativamente vem se despontando no horizonte.

O fato é que esse novo, embora bom e promissor em todos os sentidos, vem com uma nova energia, cuja frequência é bem alta. Estas novas energias têm conflitado constantemente com nossas duras resistências, que sob o padrão vibratório da antiga Terra, eram mais "toleradas". Tínhamos mais tempo pra deixar cair a ficha. No entanto, está bem claro que esse tempo não temos mais.

Antes, a gente vivia a vida como se nada estivesse acontecendo e aprendíamos boas lições naturalmente, a humanidade sofria sim, claro, mas não era com essa 'cobrança' por resultados que parece ser empregada à vida atual. Desde 2012, ano que marcou a virada para uma nova era, as energias se intensificam mais e mais. A impressão que eu tenho, por exemplo, é de viver dez anos em um, apesar de que a sensação do tempo acelerado aumenta a cada mês, a cada semana.

Quanto mais alta se torna a frequência do campo magnético da Terra, que tem sido amorosamente bombardeada com energias elevadas do Sol central, bem como, de muitas dimensões superiores ligadas ao plano cármico da Terra, mais sentimos que o tempo se acelera. Porque nosso corpo se alimenta da energia do campo magnético do planeta e temos um também em volta de nós. É uma mudança forte, na qual todos nós estamos imersos.

Não há como fugir, essa é a verdade. E como seres humanos precisamos, mais do que nunca, tomar consciência da espiritualidade. De que somos espíritos encarnados aqui com uma missão coletiva e outra individual. Renascemos nesse plano cármico para evoluir e agregar informações, conhecimento, aprendizado. Esse ciclo é composto de muitas vidas e até vários milênios. Não se aprende tudo numa única vida. É necessário várias, muitas. Salvo algumas exceções, que são espíritos de planos elevados, que já superaram o carma da terceira dimensão e de mundos como a Terra. 

Esses vêm aqui colaborar com a aceleração dos demais, não somente partilhando ensinamentos, como também contribuindo energeticamente com o aumento da frequência a Terra, além de reverem algumas importantes lições que no final das contas, agregarão mais conhecimento e expansão à jornada deles. Pois tais seres são polarizados em frequências mais altas. E à media que nascem mais espíritos assim, mais contribuição há para o todo do planeta.

Acontece que o ciclo cármico ordinário de terceira dimensão aqui na Terra está em seu fim. Espíritos "retardatários e involutivos" (são só palavras que classificam um determinado grupo de espíritos) já não têm o mesmo acesso à Terra, em termos reencarnatórios. A maioria, à medida que toma consciência de sua necessidade de evolução, tem sido encaminhada para outros orbes próximos do Sistema Solar, para prosseguirem sua jornada cósmica.

Nemêsis ou Hercólubos, conforme dizem os estudiosos, que é a irmã gêmea do Sol, uma estrela de pequeno porte e mais fria que a nossa, abriga pelo menos um planeta na mesma faixa em que a Terra estava, há até pouco tempo. Esse planeta está atravessando um processo de mudança forte, a tecnologia está avançando lá e alguns importantes avanços tem chegado, assim como houve na Terra no último século.

É o campo perfeito para receber espíritos daqui que ainda não completaram seu ciclo cármico e nem se desprenderam de seus apegos materiais, dependências, limitações, medos, dívidas cármicas. Porque não aceitaram ainda a espiritualidade e o fluir no Amor incondicional, por ignorância e em outros casos, por resistência (negação) mesmo. O problema é que não há como escapar disso, não tem pra onde fugir. Todos nós estamos envolvidos nesse processo universal. Ou evolui ou evolui, não tem outra opção. O que é opcional no caso é a forma como se quer evoluir, se é pela dor ou pelo amor.

Imagine a situação de espíritos daqui que precisam reencarnar para tentarem mais uma vez corrigir seus erros e transcender suas limitações, mas, por conta dessa elevação da frequência da Terra, não podem mais renascer nela? Deve ser desesperador para muitos, mas é o que está acontecendo. Um exemplo que eu sempre dou pra ilustrar isso é o seguinte:

Vamos supor que você esteja na quarta série. Aí você toma bomba. E fica sabendo que a escola na qual você estudava até então, não terá mais quarta série no próximo ano letivo, só da quinta pra cima. O que você terá de fazer? Mudar de escola, não é? Pois bem, é o que tem sido feito. Salvo algumas exceções (espíritos no "meio termo evolutivo"), aos quais tem sido concedido o direito de reencarnar aqui ainda, mas estes vem com certas “limitações” a mais, frutos de seus méritos, de suas ações em vidas passadas. É o preço. Porque não estão na frequência desta Terra atual. E nós daqui estamos nos empenhando para acompanhar o fluxo. E precisamos mesmo. Dar tudo de nós, o melhor.

Evoluir, estudar, crescer, romper os limites, sair das zonas de conforto. Chega dessa espiritualidade superficial, limitada, que não te faz saltar em consciência. Ou mesmo dessa alienação, do viver em cima do muro. É hora de abraçar o novo, largar os padrões velhos e infrutíferos para aprendermos novas coisas, novas verdades que nos farão experimentar muito mais em todos os níveis. Só que tem o preço, ah tem! E qual é? A sua mudança. Você precisa mudar, senão não vai permanecer nesse novo ciclo.

O modo como você viveu até aqui pode ter servido até o presente momento, mas daqui pra frente não serve mais. Precisa se reinventar. É necessidade, não opção. A menos que você queira terminar essa etapa aqui e ser encaminhado a outros orbes com a frequência um pouco mais lenta que a da Terra atual, você precisa se mexer.

_ Ah, Vinícius, não quero evoluir! Esse negócio é chato.

Tudo bem, é um direito seu querer permanecer como está, mas aqui na Terra não vai dar mais. Vai ter que ir pra outro mundo. Essa é a realidade. Se até pra quem quer crescer é desafiador, imagina pra quem não quer! Em 2015 experimentamos bastante essa aceleração. E nesse ano vai aumentar mais. Porque se não for assim a Terra não vai chegar no próximo nível. Não sei se você sabe, mas estamos sob ameaça de perdermos o direito de viver tranquilamente aqui. Essa humanidade ignorante vai ser deserdada do planeta se a coisa continuar como está. Só vai ficar quem quiser ir além e ascender de verdade.

A Fraternidade não quer que o mesmo ocorrido em Marte, aconteça aqui. Um dia vou falar sobre isso. Então estão de cima, tentando nos acordar para uma verdade iminente. É preciso evoluir e aceitar a centelha divina, render o ego e depositar em Deus, na Fonte ou Espírito (Eu Superior) tudo o que somos e deixar esse amor nos governar e limpar de nós todas as manchas cármicas, falhas, limitações, dívidas. E isso só se faz com a aceitação do amor Dele e serviço à luz. Só assim.

Temos aí a crise no Brasil, forte, está prejudicando muita gente. E não só aqui, em muitas outras partes do mundo também. Crise é caos. E caos é a energia da fonte agitando tudo pra organizar. Ao mesmo tempo, esse caos (crise) em nosso sistema econômico, social, político, espiritual e etc, é fruto de uma série de erros nossos, de comportamentos resistentes que foram juntando, um em cima do outro, até que toda a pirâmide desabou. Além do mais, sofremos em 2013 e 2014 um forte ataque das forças espirituais do Umbral. Também vou falar sobre isso. 

Desencadearam essa crise, foram eles que fizeram isso em aliança conosco aqui da crosta. Mas por quê? Ainda vamos ver isso nos próximos textos. São novidades? Eu sei, muitos não tem a menor consciência disso.
E os Elohim trouxeram as ferramentas extraterrestres, em especial a Magia da Transformação, para impulsionar a mudança e o avanço dos que realmente querem. 

Por isso me foi permitido falar sobre tudo isso que eu estou falando aqui. Mas tem muito mais coisa. Antes eu não tocava nesses assuntos, quem me acompanha sabe disso. Mas agora é necessário, porque a ficha precisa cair. Gente, vamos estudar, abraçar a luz, elevar nossa vibração pra vivermos na energia dessa nova Terra que reserva o melhor em todos os níveis, pra nós.

Seja feliz!
Vinícius Francis 

Aproveito para te sugerir um estudo que lancei recentemente que traz muitos temas como os que abordamos neste texto de hoje, se chama "Espiritualidade e Iluminação da Terra". É uma palestra em áudio, com 1:40hs de duração, que traz muitos esclarecimentos e respostas importantes. Para saber mais sobre esse material super acessível, clique na imagem ao lado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.