terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Palas Athena - As escolhas que farão hoje são as que realmente importam



Eu vos envio os mais intensos e brilhantes raios verdes de Cura, equilíbrio, Harmonia e Verdade, a fim de vos revestir de bem, força, ânimo, fé, paz. Eu desejo vos conduzir nas veredas do Eterno para que trilhem seguramente cada passo, tranquilos, em serenidade de alma, em sutileza de espírito, sabendo bem quem são, mas sem necessariamente conhecer para onde vão, pois aonde vão não importa se o presente é vivido em excelência. Guiem-se pelos passos do amor de Deus e façam deles os vossos sapatos.

Aproximo-me mais uma vez em plenitude e harmonia com quem eu sou. Desejo compartilhar da mesma luz que me banha para que assim como eu, cada um de vocês se tornem plenos em si mesmos, se tornem perfeitos em consciência, assim como são em essência. Como vossa amiga, estou aqui, muito ouço de vossa parte e me sinto feliz em poder colher como rosas num belo jardim as orações dos filhos de Deus que hoje atravessam a linda experiência na Terra. Regozijo-me no amor maior, porque ele me permite sentir plena felicidade e profundo respeito para convosco, amigos humanos.

Colhi vossas preces e agora, aproximo-me para dar-lhes a minha resposta, para conceder-lhes minhas palavras e eu desejo que elas muito contribuam para o vosso crescimento interior, bem como, o progresso de tudo aquilo que fazem em vossas vidas. Em olhar atento e profundamente amoroso, nós das esferas superiores e sutis, permanecemos sobre todos os homens e toda vida desse orbe azul. Cuidamos para que nada saia dos planos superiores do Criador. Velamos pela evolução de cada espécie, de cada forma de vida, de cada ser que reside temporariamente no planeta tridimensional no qual se encontram focados agora mesmo.

Amamos sem escolher em vosso lugar, vos ajudamos sem interferir nas leis que regem o cosmos, porque é dado a todos conforme o mérito individual, todas as emissões são pesadas na balança da eterna justiça e todos os feitos são avaliados segundo sua essência vibratória. Amados, nada está errado sobre a Terra, não podemos classificar como errado algo que respeita perfeitamente as leis do Criador. Se semeiam ódio não vão colher benevolência, perdão, aceitação, paz. 

Colherão revoltas e dores, pois o sofrimento é fruto de más escolhas, muitas delas eu sei, são realizadas a nível inconsciente. Entretanto, o Grande Espírito arquiteto da vida não separa o consciente do não consciente, porque isso implicaria em parcialidade e Deus não é parcial.

Sua justiça é plena, suas leis infalíveis e o homem da Terra recebe o fruto de sua semeadura. Por isso, eu e tantos outros irmãos e cooperadores da luz, estamos ao vosso lado para vos lembrar sempre de que o semear é opcional. Muitas vezes vocês se debatem na Terra em insatisfações pelas realidades que vivem, por não serem aquelas que sonharam um dia. Ou por não estarem boas como gostariam e julgam que merecem. Amados, eu compreendo todos os vossos questionamentos. Contudo, devo vos dizer que a realidade presente é  produto do passado.

Não podem mudar o que foi feito, em termos de efeito na realidade. Porque é garantido em todo Universo que o ser terá exatamente a manifestação de suas intenções mais profundas. Se até as superficiais são captadas, que dirá aquelas que estão arraigadas no âmago do ser, como mágoas, ressentimentos, traumas, medos. 

Tudo isso, queridos, é como a raiz de uma árvore que encontra na terra o perfeito lugar de se firmar e se estabelecer. E assim como uma árvore frutífera naturalmente 
cresce e dá seus frutos, vossos sentimentos plantados em vosso interior também produzem os seus.

É isso o que chamam de realidade atual, o fruto das sementes lançadas no passado, que são vossas escolhas. Muito bem, elas estão aí agora. E eu sei que muitas delas não são saborosas, algumas são amargas. E vocês lamentam por elas estarem aí. Apreciem algo positivo nisso tudo que é o fato de que vosso Criador é tão bom e justo que vos deu o direito de viver exatamente o que escolheram (conscientemente ou não). E se optaram por coisas e caminhos que no final das contas não conduziram vocês para um destino almejado outrora, precisam tomar consciência de que, do mesmo modo, podem escolher novos rumos.

O que foi feito está feito e não pode ser mudado, no tocante à manifestação do real. Mas daqui pra frente vocês têm a opção de escolher o novo, o inédito. Se o caminho da direita não vos levou aonde queriam ir, tentem seguir pela esquerda. Sigam em outra direção, cuidem para que não repitam os mesmos erros e escolhas do passado, pois quando vocês lamentam pela possível realidade insatisfatória atual e se debatem em não aceitação ao que é real no momento, revestem-se de uma má vibração que infelizmente vos levará a escolhas baseadas nos mesmos padrões, de sofrimento e insatisfação.

Se escolhem a partir do ódio e de um mal sentimento não podem ter feito uma sábia e benéfica escolha. Porque vocês querem uma vida diferente, porém, pretendem seguir por novas trilhas carregando as mesmas bagagens. E não percebem muitas vezes que aquilo que vos faz sofrer não são exatamente os caminhos percorridos e sim, as bagagens pesadas, os fardos emocionais que não abandonam. Todo caminho no final das contas é positivo porque sempre vos ensina algo bom. O Bem está presente em todas as escolhas, mas o bem não pode invadir o vosso direito de nutrir sentimentos, quaisquer que sejam eles.

O Bem fica à porta, esperando que vocês abram. E mesmo em vossas escolhas passadas que geraram frutos indesejados, ele encontra um meio de vos dar um fruto doce e saboroso. Nem todos os frutos do cesto da realidade que está em vossa posse agora são ruins, há frutos que são bons aí, prestem atenção a isso. E focando-se em bons frutos e sendo gratos por eles limparão a vossa mente para poderem seguir na direção de um novo que seja bem melhor do que o que viveram até aqui.

Tudo começa com uma positiva observação. E esses frutos bons podem ser os muitos aprendizados que se agregaram a vocês, podem ser amigos que ganharam com vossas últimas experiências, sabedoria, conhecimento, evolução, sim, há muitos bons frutos. Ah, filhos da luz, não foquem tanto nos resultados que esperavam ter, eles não são tão importantes! Acaso pensam que se tudo tivesse sido exatamente como almejavam estariam ricamente felizes? Isto, queridos, é ilusão. 

A felicidade do homem não está em tudo ser como ele gostaria e sim, em sua capacidade de estar "no Bem" em todos os momentos. Porque se ele se julga feliz porque tem tudo o que almejou, então, não é feliz, porque essa felicidade foi comprada, totalmente condicional. E a verdadeira felicidade não pode ser comprada, ela precisa ser assumida, conquistada dentro de vocês mesmos. E ela consiste em saber tirar do cesto da realidade os bons frutos e separar os que não são bons.

Não definam todo o cesto por alguns frutos indesejados que nele estão. Nem tudo é como vocês desejam, mas também nem tudo é como vocês não queriam que fosse, muita coisa ocorreu pra vocês e que eram parte de vossas intenções e ambições passadas, não é mesmo? Apreciem isso, por favor! Vou lhes dizer uma coisa, nenhuma colheita é cem por cento boa e nenhuma colheita é cem por cento ruim.

Reflitam, um homem colhe laranjas de sua grande plantação. Ele é um produtor de laranjas. E suponhamos que ele colha trinta caixas delas. E vocês sabem por lógica que nem todas as laranjas que estão nas caixas são boas, certo? E o trabalho desse homem é separar as que ele julga serem boas, das que não estão tão boas. Mas se o homem observa que em determinada caixa há mais laranjas em mau estado do que em bom estado, não vai destruir a árvore que as produziu, antes, vai cuidar dela, dará a ela mais atenção e carinho para que na próxima colheita tal laranjeira produza frutos mais excelentes.

Percebem o que quero dizer com isso? Quando em vossos cestos notarem muitos frutos desagradáveis, não desprezem a árvore e não a culpem por isso. Porque uma árvore que produz frutos não tão bons merece ser cuidada e não destruída. As árvores são vocês. É dando amor a si mesmos que produzirão ricamente os frutos de bem, saudáveis, tenros, belos e suculentos. 

É com amor que se ergue a árvore doente e debilitada, agredida por "pragas" e "agentes externos" que existem e que podem lesá-la profundamente. É com amor que se erguerão para um salto positivo, é com amor que conseguirão produzir frutos de excelência, é com amor que serão felizes e se renovarão. É com amor que farão do futuro uma escolha assertiva, no qual desfrutarão de dias melhores.

Entretanto, este é o tempo de mudar isso. Hoje é o dia certo para que modifiquem a visão distorcida da vida e então, abracem a si mesmos em compaixão, aceitação, humildade, perdão, paz, amor incondicional. 
Então, não importam as escolhas do passado, tampouco os resultados negativos delas. Importa é o bem que todas elas produziram e mais ainda, importa é o que escolherão daqui para frente. Amados de Deus, tudo vos conduz para o Bem, sempre. Não há erros nos caminhos do Eterno, estão seguros nos braços do Amor Supremo.

E que minhas palavras encontrem em vocês repouso, aceitação. Que minhas intenções encontrem em vosso coração a porta aberta. Estejam certos, eu estou com os que me recebem e persisto pacientemente em auxiliar os que não me recebem, pois estes, muitas vezes, são os que mais precisam de mim. Porque eu sou o Amor, Dele vim, a Ele pertenço e Dele sou instrumento. E Nele fluo para sempre. Estamos juntos, em cada instante.

Sou Palas Athena, vossa aliada

Palas Athena através de Vinícius Francis 

A Mestra Athena contribuiu com três belos trabalhos que temos disponíveis, são eles: O seu livro PLENITUDE, o curso ERGUENDO O CETRO DE DEUS & CARTAS DE UMA DEUSA - LEIS DA PROSPERIDADE, que faz parte do curso Vivendo na Excelência. Clique nos títulos para conhecer o que esses materiais têm a oferecer para o seu desenvolvimento espiritual e pessoal.  

2 comentários:

  1. Amei esse texto Vinicius!
    Deve ser incrivel receber canalizacoes de Athena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Karla, é sem dúvida, uma dádiva do céu!
      Luz e Benção!
      Vinícius Francis =]

      Excluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.