domingo, 31 de janeiro de 2016

Como despertar a energia da sorte?

Já que estamos explorando o tema Positividade por conta do guia dos Elohim, vamos conversar sobre a energia da sorte. Almejada por todos e desfrutada plenamente por poucos, essa energia traz a possibilidade de tudo o que é bom acontecer. Na verdade, o termo sorte e a crença de que ela é uma força que arbitrariamente contempla uma pessoa por questões de destino ou mesmo benção divina nasceu da incompreensão do funcionamento das leis que regem o Universo.

Ora, Deus é imparcial, ou seja, ele não determina quem será ou não coroado com a sorte, sendo assim, deve existir outra explicação mais lógica e satisfatória do que simplesmente atribuir as boas coisas que acontecem, à primeira vista magicamente, à vontade de alguma inteligência fora de nós.

A grande verdade é que a energia da sorte se manifesta em consonância com aquilo que nutrimos. Nós somos os responsáveis pela nossa sorte ou o nosso azar. Nossas crenças são os veículos pelos quais a sorte flui ou não. Se estamos num Universo onde todos os acontecimentos são determinados por equivalência vibracional dos envolvidos, a sorte não foge à regra.

Ela nada mais é do que uma abertura do campo vibrátil que permite as manifestações maravilhosas que acontecem todos os dias com muitas pessoas. São estados permissivos, cultivados conscientemente ou não. Muitas pessoas sequer sabem que estão se positivando, porque não é a consciência de que existem essas leis que torna o homem dotado de boa energia, e sim a sua prática, e isso pode ser totalmente empírico.

Afinal, como eu posso ter sorte? Como posso ativar essa energia em mim? Primeiro, devemos entender que sorte é algo que reluz, que chama o que é bom, o que é excelente. Então, fica claro que eu preciso me sentir assim, primeiro. Me sentir, viu? Não é simplesmente pensar, o meu corpo precisa vibrar naquela energia de positividade, de concordância com o bem que eu quero manifestar. Segundo, eu preciso acreditar que mereço. Claro, porque se a minha consciência concorda, então eu causo em mim uma abertura que permite que as forças invisíveis fluam trazendo realizações de todos os tipos.

E terceiro, eu preciso agir como tal, se eu creio e me sinto alguém de sorte, vou me comportar como uma pessoa sortuda. E como ela se comportaria? O sortudo é alegre, abençoador, feliz e totalmente ligado consigo mesmo e com sua inteligência interior, que a gente chama de alma ou mesmo intuição. O sortudo não reclama, antes procura sempre manter uma visão positiva das coisas, porque se ele tem sorte, sempre uma saída, uma solução, se mostrará a ele. 

O sortudo se põe no melhor, em tudo, na saúde, nos relacionamentos, na vida profissional. E esse melhor que ele veste o faz ter atitudes de valor, capricho, zelo e dedicação em tudo o que faz. Acima de tudo, o sortudo sente que é favorecido pelo Universo, ele se sente rico por ser quem é e sabe visceralmente que todo bem e as benesses que a vida pode oferecer são acessíveis, estão ao seu alcance. Sendo assim ele é feliz, ele brilha, pois está conectado com a magia que torna tudo possível.

Seja feliz!
Vinícius Francis 

 Elohim - Palavras de Vida Eterna - trinta de dias de positivação. Para saber mais sobre este material, assista ao vídeo de lançamento  aqui ou clique diretamente aqui

Um comentário:

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.