quinta-feira, 9 de julho de 2015

Os frutos maduros


Bom, hoje é o nosso primeiro dia do “desafio” de trintas dias de apreciação e desejo que você faça um bom trabalho, afinal, quem vai ganhar é sua vida. Há quase seis anos que canalizo os Elohim de forma consciente e eles sempre enfatizam a importância de estarmos numa boa vibração para atrairmos o bem que queremos. A partir de hoje, pra quem vai comigo nessa, nada de nutrir coisa ruim! Deixe essas melecas de lado, pelo amor de Deus!

E o processo pra mim já começou com um grande ensinamento. Ontem, durante a tarde, eu fui até o pomar da minha casa fazer uma prece de agradecimento. E interessante que tem um pé de ameixa bem alto aqui. Eu adoro essas ameixas, mas sempre tenho dificuldade pra pegá-las por causa da altura da árvore. E durante a minha oração eu percebi que no chão havia algumas ameixas maduras que caíram do pé.

Naquele momento a vida falou comigo através daquelas ameixas kkkkk... Porque eu sempre fazendo uma forcinha pra colhê-las e de repente, elas estavam ali, aos meus pés, maduras. E eu não tive o menor esforço pra pegá-las. Aí a fichinha caiu. Muitas vezes nos esforçamos tanto pra conseguir algo, gastamos tanta energia pra alcançar determinamos objetivos e conquistar bênçãos que nem nos damos conta de que a vida pode trazer tudo isso pra nós facilmente.

Não desconsidero o valor do empenho e de ir em busca do que queremos, no entanto, as coisas podem ser mais fáceis e fluentes se soubermos permitir. Eu tive minha parte do trabalho, peguei as ameixas, lavei e limpei todas elas, separei as boas das que estavam ruins. Ou seja, tem a nossa parte, mas a outra parte, a de abrir as portas, essa, a vida pode fazer. É possível, mas só para os que mantêm uma vibração permissiva, positiva, aberta. Eu fui ensinado através desta experiência e de fato, foi um lindo ensinamento pra darmos início ao nosso “desafio”. Que consigamos permanecer numa vibração de pura apreciação para que a vida possa lançar frutos maduros aos nossos pés. Que assim seja! 

Seja abençoado!
Vinícius Francis 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.