quarta-feira, 27 de maio de 2015

Elohim - Como os irmãos extraterrestres se aproximarão da humanidade?


Pergunta: Há uma expectativa enorme acerca da aproximação dos extraterrestres e de um contato direto dos mesmos com a humanidade. E existe uma grande expectativa das pessoas com relação a isso. Eu gostaria que vocês falassem a respeito de como se dará esse contato, se de fato ele realmente ocorrer conforme anunciado em tantos blogs e mensagens.

Elohim: Perfeitas são as obras do Criador e sublime é o seu fluir no Universo. Cada forma de vida é uma expressão única e rica do poder da fonte, que traduz a sua essência em incontáveis formas. Em todo canto do Universo há vida. Para cada situação e condição da realidade do Universo Ele expandiu sua energia a fim de criar em todos os lugares uma forma de vida. Porque, sendo Ele a própria vida sua satisfação está em manifestar-se. E a vida o faz de formas incríveis, imprevisíveis e apreciáveis.

A vida não tem uma forma única de se expressar, nem condições determinadas num ambiente para que possa traduzir a sua essência. Ela não precisa de meios para se manifestar, pois o seu sopro vital não somente carrega consigo o dom da existência como cria todas as condições para que ele “seja” de forma perfeita. O Criador é doador vida, bem como de todos os meios para que ela se manifeste.

Mesmo onde vossas mentes analisariam como sendo inóspito à vida, ali, naquele lugar em que aparentemente ela não poderia se expressar, estejam certos, ela o faz. A vida encontra todos os meios. Em todos os lugares do cosmos a vida existe e não há um só lugar em que ela não desejou se manifestar. A forma é que muda, a consciência e a condição da expressão da vida é que mudam. E dentro desse tapete vivo, cujas centelhas são incontáveis, mas levando, cada uma, a sua própria expressão, única, individual, ímpar, todos vocês estão neste momento.

E queremos que saibam disso antes que respondamos à pergunta. Em tudo o que podem ver existe vida. Porque sendo tudo arquitetado perfeitamente por ela mesma, seria contraditório se porventura ela não quisesse se manifestar, seja em que local fosse. E falando dentro de vossa linguagem, vocês estão cercados de “irmãos”, por todos os lados. Seja ao vosso lado, compartilhando convosco a expressão densa e sólida da essência não física em diversas formas ou em outros contextos de realidades. Umas não são físicas, outras são e interagem com vosso orbe na mesma faixa de existência, no que vocês chamam e mundos paralelos.

Isso achamos formidável, a vida não somente se expressou em todo local do Universo de forma rica e extremamente criativa, como também se encarregou de se expressar numa mesma faixa de existência várias vezes.

Numa única realidade existem várias dimensões. E todas habitam no mesmo Universo, próximas, mas não se tocam. E cada uma vive conforme a sua realidade, sem interferir no processo uma da outra, pelo menos não de forma direta. E o Criador que traduz a si mesmo de maneira esplêndida e rica vos colocou num cenário cósmico onde nem por um só instante estão sós.

Existem muitas formas de vida que habitam junto convosco nesse mundo e como dissemos, esses que compartilham a mesma linha de existência onde a Terra se encontra são físicos e não físicos também. E todos estão aí, convosco, nesse exato momento. Mas vocês não podem ver, porque não estão na mesma faixa, mas eles estão aí. E dizemos tudo isso para que reflitam sobre a pergunta e o assunto levantado nela.

Se realmente refletissem com base no que estamos conversando com vocês jamais perguntariam: Quando “eles” se aproximarão de nós? E para isso dizemos: Eles sempre estiveram aí. Nunca, em momento nenhum, houve uma separação. Seria como se vocês questionassem a respeito de vosso vizinho, que mora ao vosso lado, de quem talvez desejem se aproximar. Ele está bem perto, certo? Ele sempre está ali. E se desejam se relacionar com ele, por que não iniciam uma aproximação? O universo é como um bairro, vocês estão em suas casas e os que vocês chamam de “irmãos” estão nas deles.

E não estão longe de vocês, eles estão aí, e sempre estiveram aí, o tempo todo. A pergunta vossa é: Quando eles se aproximarão e contatarão conosco? E nós respondemos com outra pergunta: O que é isto que está acontecendo aqui? Acaso não somos energias não físicas, chamadas por vocês de extraterrestres, que neste momento estão fluindo através de um canal receptor? Não seria um contato alienígena, dentro de vossa linguagem, o que ocorre agora? Essa conversa é fruto de uma aproximação, de um contato, de energias oriundas de outras dimensões.

E nos perguntam quando nos aproximaremos e nos apresentaremos a vocês formalmente? Amados, estamos fazendo isso há milênios, no entanto, muitos de vocês ainda não se deram conta. Mas vamos explicar, dando um exemplo, o porquê a ficha não quer cair na mente de muitos humanos acerca do assunto:

Suponhamos que vocês queiram se relacionar com um pássaro. E quando vocês desejam fazer isso, não esperam que ele aja como vocês, ou seja, não esperam que ele fale a vossa língua, que ele se comporte como vocês e converse convosco assim como outro ser humano o faria. Porque compreendem que as realidade são distintas. 

Embora possam interagir, a consciência de cada um é polarizada numa determinada frequência. E sabendo disso, não esperam que o pássaro se comporte como um humano. Antes, interagem com ele na expectativa de que o mesmo agirá como pássaro e se conformam com isso. E mais, em momento nenhum vocês esperam dele algo mais, em momento nenhum a interação deixa de ocorrer por conta dessa diferença de natureza entre os envolvidos, não é mesmo?

Estranho seria se vocês esperassem um pássaro se aproximar e interagir convosco da mesma forma que vocês o fazem com outros humanos. Estranho seria vocês insistirem ao pássaro para que se apresente e que se relacione convosco como um ser humano. E seria estranho porque vocês estão conscientes de que ele é um pássaro e que deve se comportar como tal.

No entanto, transferindo isso para o assunto da pergunta, vocês esperam que os “de fora” se comportem exatamente como vocês e sigam a vossa linha de consciência. Por que não agem com eles da mesma forma que agiriam com um pássaro, no sentido de compreender as diferenças de consciências? Por que não tentam se relacionar com vossos “irmãos de fora” conscientes de que eles não são humanos como vocês? Visto não agem e não se comportam como vocês. São de realidades diferentes. E o primeiro passo para uma relação promissora é o respeito. Respeitando as condições de consciência de cada um a relação poderá fluir. Tentem forçar e nada ocorrerá.

O contato, conforme os limites e diferenças entre as consciências e seu expressar, já tem ocorrido desde sempre. Não somos físicos como vocês, provavelmente não sentaremos em mesas com vocês na Terra e tomaremos refeições convosco. No entanto, da maneira possível e dentro do fluir cósmico da essência de todos nós que não somos físicos prometemos que interagiremos com vocês.

O que faz com que Vinícius interaja natural e livremente conosco é justamente ele não esperar que nos comportemos como ele, é justamente o fato de ele compreender que a maneira pela qual nos aproximamos é única e conforme o possível dentro do que explicamos aqui a vocês. E ele não nos sente separados e distantes apenas porque não podemos ser com ele o que outro ser humano poderia. Contudo, a interação existe, ela é possível. O contato existe, ele é possível. A aproximação existe, ela é possível.

Por isso se desejam se aproximar dos que “são de fora”, tentem fazer isso reconhecendo que eles são de outra natureza e procurem o caminho de melhor fluxo para que a troca possa ocorrer. Procurem o meio através do qual esse contato possa acontecer de forma harmônica, respeitando a natureza de ambos os lados.

Há uma descrença no anseio de enxergar as naves e tocá-las com as mãos. Porque há uma tendência humana (na desconexão com a fonte) de necessitar ver para crer. E a lei opera justamente no oposto disso.

Isso é divino. E se o homem de vosso tempo estivesse aberto a essa compreensão e visão de contato extraterreno já teríamos nos aproximado há muito mais tempo de um número muito maior de pessoas. A questão é que a maioria espera que ajamos como ela age. A maioria espera ver lá fora a mesma coisa que vê na Terra e afirmamos: Vocês não verão. Porque a realidade de outros mundos e consciências não é a mesma da vossa. No entanto, frisamos, nenhuma diferença, seja de qual tipo for, pode impedir a aproximação e o contato, absolutamente nenhuma. 

Pedimos somente que façam isso da forma que for possível a cada consciência, no tocante à interação convosco. E se estiverem abertos nos aproximaremos, se estiverem abertos e compreenderem como nosso contato pode se realizar de forma fácil e fluente falaremos com vocês com uma fluência tão grande que chegarão a pensar que dividimos o mesmo orbe. E nessa troca vos daremos muito mais de quem somos e vocês nos darão muito mais de quem vocês são.

E quanto mais rica for essa troca mais benéfica será para o vosso mundo. Sim, podemos vos dar soluções para muitos dos problemas que sofrem e de fato, é isso o que fazemos há anos através dos canais (canalizadores). Abriremos-vos horizontes de um novo mundo e com nossa orientação vocês poderão construir uma Terra com tudo o que desejam ver sobre ela.

Sabemos que é isso que muitos esperam dos que estão lá fora e que são mais expandidos em consciência do que vocês, atualmente. Muitos querem que nos aproximemos para ajudar a transformar o vosso mundo. Porém não queremos que nos enxerguem como a solução e sim como um canal para ela. A solução está em trilhar o caminho que ensinamos a vocês, porque não podemos criar em vosso lugar. Somente com vocês, o que é diferente. 

No entanto, essa maioria que pede isso, que anseia por isso, ainda não abriu os olhos para ver que já chegamos, que já estamos convosco e que grandes legiões fraternas (como vocês nomeiam) já desceram suas naves, já se fazem presentes e têm em seu poder muitos dos recursos que os humanos (principalmente os ansiosos) desejam ver se manifestar. E praticamente todas as respostas que vocês vivem procurando e projetos para a resolução dos infortúnios que atravessam atualmente no globo.

E tudo o que falta agora é que abram os olhos para ver e que como no exemplo do pássaro compreendam a nossa forma de interação, que a respeitem para que então ela possa fluir e fluir até que enfim, não haja mais separações entre o que é físico e o que não é físico. 

Pois dizemos, se aceitarem que no momento temos uma forma específica, que não é bem a que esperam, de nos comunicar com vocês, se abrirão e se tornarão positivos e cada vez mais puros e permissivos até que chegue um momento em que nosso alinhamento romperá todos os limites das realidades e consciências para que nossa interação seja de fato, como sonham. É uma promessa.

No entanto, querem as soluções para os problemas do mundo? Sim, nós temos, vocês pediram e nós estamos aqui para vos dar todas elas. E pedimos que venham, que venham em nossa direção para que possam contemplá-las e possuí-las. Nós já estamos aqui, abram os olhos de vossa alma para nos enxergar. Querem fazer parte da nossa sociedade justa onde todos têm direito a tudo? Então venham! Abram-se a isso, sejam positivos, sejam felizes, larguem as desculpas, larguem as resistências e vivam em conformidade com a essência plena e feliz de vosso Eu interior. E fazendo isso ingressarão em nossa sociedade. Farão parte dela e receberão todos os benefícios que existem aqui para vocês, que já existem aqui para todos vocês.

Mas para isso precisam se alinhar e dizemos assertivamente: Não há outro caminho. Nós (do não físico) já chegamos, não viremos ainda, já estamos aqui. E agora batemos à porta. Não fiquem simplesmente olhando para o céu aguardando uma frota de naves, cujo bailar vos impactará os olhos físicos, antes, fechem os olhos físicos, abram os olhos de vossa alma e verão que já estamos com vocês e assim, conforme a permissão e abertura, nos manifestaremos. 

E mais, além de abrir os olhos, abram vossa vibração para o Bem e entendam que o mundo justo e feliz já existe e já chegou para aqueles que o receberam. Não feriremos as leis, por isso vos convidamos e desejamos que aceitem o nosso convite.

Simplesmente se abram e viverão agora o que tanto anseiam e ao fazerem assim descobrirão que o novo mundo onde não há os flagelos da ignorância já existe, mas será real somente para os que aceitarem o convite de serem felizes e de vibrar positivamente. Porque é na positividade que estamos e que toda a sociedade não física repleta das ricas soluções, se encontra. Então, venham para cá e assim verão que nós já estamos convosco.

Haja luz!
Elohim através de Vinícius Francis 

Vivendo na Excelência e Cartas de uma Deusa - Leis da Prosperidade é o novo trabalho disponível no blog. São dois materiais num único guia repleto de conhecimentos e práticas sobre magia branca, abordando os princípios cósmicos das Leis Universais, pincelados pela Sabedoria de Athena que nos traz preciosas e importantes leis sobre como opera a Abundância e Prosperidade de Deus em nossa vida e como podemos fluir nessa onda Dourada de sucesso e provisão. Clique na imagem ao lado para mais informações.

Um comentário:

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.