domingo, 5 de abril de 2015

Auxílio de uma grande aliada


O nosso caminho de luz é sempre marcado por bênçãos, provisões de todos os tipos e surpresas boas. A cada descoberta interior vamos nos firmando mais e mais na luz que somos e que habita em nós. E eu, particularmente, teria tantas coisas especiais pra contar! Sempre uma boa novidade, uma positiva conquista, um aprendizado.

E nesta semana não foi diferente, na verdade eu quero escrever isso como forma de testificar da ajuda e do apoio que recebo sempre dos meus guias. Porque em minha jornada eles não são apenas “vozes e inspirações” que me sopram ensinamentos através de mensagens, eles são amigos presentes, que tenho sempre ao meu lado todos os dias.

E nesse caso, quero contar algo envolvendo Palas Athena, que de mês em mês vem nos presentear com suas palavras que eu sei que fazem uma diferença bem grande na vida daqueles que leem e procuram viver o que está sendo passado. A verdade é que tenho o privilégio de ter a presença e luz dessa aliada me guiando em minha jornada pessoal. E na última canalização, ela me abençoou de uma forma sobrenatural, que eu quero compartilhar.

Bom, comecei a realizar treinos na academia e como todo mundo que pratica esse tipo de atividade física, eu sofri com as dores naturais dos primeiros dias de esforço físico. Quem malha sabe do que estou falando! Dói tudo mesmo! Toda sua musculatura está sendo submetida a um esforço que até então, ela não sofria. Sempre fiz exercícios, sempre mesmo, mas academia é diferente! Se é!

E coincidiu de eu começar esse “projeto pessoal” numa semana de feriado, ou seja, eu teria que ir todos os dias sem intervalo pra aproveitar e realizar o programa de exercícios que o personal passou pra mim. Conclusão: Depois dos consecutivos de treinos, eu senti as consequências e foram literalmente dolorosas kkkkkkk... Eu me afastei um pouco do Face porque até pra digitar era incômodo. Mas tudo bem, o feriado iria me descansar naturalmente. No entanto, a Lua cheia estava aí e eu precisava canalizar Athena. Mas, como? Eu mal aguentava digitar um parágrafo!

E foi aí que ela me ajudou. Meia hora antes de receber a mensagem a pedi em prece que me auxiliasse naquele momento porque eu não queria deixar de transferir os ensinamentos por causa daquelas dores. Digo com plena sinceridade que uma energia me envolveu naquela hora e parecia abraçar todo meu ser. E no momento em que ela começou a soprar as palavras, meus braços simplesmente não doeram e a canalização pôde ocorrer de forma branda e leve, como sempre. Isso foi no final da noite de quinta. Pra melhorar ainda mais, na sexta, amanheci sem dores e consegui inclusive fazer algumas flexões numa boa, em casa e sem nenhum incômodo, pra não perder o costume. =] 

Enfim, eu queria dividir isso com vocês. Acredito que contar essas coisas alimenta a nossa fé no Bem e em seus benfeitores cósmicos. A verdade é que a vibração de Athena, que inclusive serve no raio da cura, me livrou daquelas dores, que são naturais nesses casos, mas bem incômodas, ainda mais pra quem precisa das mãos e braços funcionando bem pra escrever. E eu traduzo essa experiência na seguinte frase: Quando vivemos no Bem é natural nossas dores nos deixarem, porque onde o Bem é aceito e abraçado, a dor não encontra morada. 
Uma semana linda pra todos vocês!

Luz e Benção!
Vinícius Francis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.