terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Prosperidade e Sexualidade



Repostando um texto publicado em Janeiro de 2012. Um tema fascinante que, obviamente, merece ser abordado mais profundamente. Tem sido um dos temas mais trabalhados atualmente nas terapias individuais que realizo, com a utilização de exercícios poderosos. E não só acredito, como tenho evidências pessoais de que estar com a energia da sexualidade devidamente tratada e equilibrada, gera bênçãos também na área de prosperidade. Espero que este conteúdo ilumine vocês. Então, vamos ao conteúdo:

Trabalhar com prosperidade é trabalhar com tudo o que a envolve. Vamos estudar aqui sobre um setor de nossa vida que quando está mal trabalhado, gera conflitos também na área financeira. Um tema bem delicado e muito importante, a sexualidade! Mas o que tem ela a ver com dinheiro? Tudo! Tudo o que significa prazer de viver e alegria tem a ver com dinheiro e muita gente está com essa área bem afetada!

Muitos dos problemas que passamos na vida estão ligados à área da sexualidade e eu vou dizer o porquê: Sexualidade não é só sexo, é natureza humana! Tem a ver com toda a nossa natureza, principalmente com autoestima. Sexualidade nada mais é do que a expressão e vivência da natureza humana. Sexualidade é sexo, autoestima, auto-apreciação, prazer, excitação (não só sexual), sensualidade, charme e desejo, expressão do ser. Tudo isso cabe bem dentro dessa palavra. E vamos falar um pouquinho sobre tudo.

Vamos começar falando sobre sexo, o quê? Você não gosta de sexo? Você nem pensa nisso? Sério? Então nesse caso, há um problema aí! Sexo é uma parte da natureza de Deus em nós, negar isso é negar a Vida. Se você tem algum problema nessa área, é hora de parar pra refletir um pouco.

Claro que existem pessoas que têm mais necessidades sexuais do que outras, há também aquelas que optaram por abster-se disso por questões pessoais, até aí normal, escolha de cada um. Porém o sexo é uma parte natural do ser humano que necessita se expressar. Isso inclui a condição (não é opção) sexual! Quando uma pessoa nega sua condição sexual, ela nega a sua natureza, porque por mais que a religião condene a homossexualidade, ela é perfeitamente divina como a heterossexualidade. Quem te ensinou o contrário foi a religião que é cheia de pré-conceitos e visões distorcidas da real natureza do ser.

A homossexualidade é uma coisa natural da vida e se você a reprime, reprime também suas forças internas, que inclusive agem no material, no "dim dim". Então meu amigo ou minha amiga, se você é gay, assuma! Mas não precisa tocar a trombeta dizendo isso para o mundo, isso é vaidade e toda pessoa que sai por aí dizendo que é gay faz isso porque está buscando aprovação dos outros e se busca a aprovação dos outros é porque não tem a sua própria!

Não negue isso em você! Não cometa esse crime contra seu espírito! Você não tem que ser como os outros, você é você e gosta do que gosta, pronto. Quando você aceitar e abraçar sua natureza sexual, vai contribuir para a melhora em tudo na vida, inclusive no setor financeiro.

Bom, agora no assunto da sensualidade, vamos lá: Você que nega sua sensualidade e seu charme, pode parar! Não vem com essa de que é feio, é antiquado, é imoral, isso é besteira da sociedade! Sensualidade é divino, é da natureza de Deus em nós.

Não confunda sensualidade com vulgaridade, são coisas bem diferentes. Você mulher que está lendo este texto, é do tipo que tem vergonha de colocar aquela roupa mais ousada e chamar a atenção? Pois é né? Você morre de vergonha dos outros, fica da cor de um tomate ao perceber que alguém está olhando e reparando em sua roupa!

Que vaidade hein!? Deixa disso! Pelo amor de Deus! Assuma seu charme, pare de se envergonhar de si mesma! Pois ao fazer isso, você nega a si mesma e ao negar a sua natureza e envergonhar-se, para onde acha que vão suas forças divinas internas? Para o buraco! Reprimidas por não poderem se expressar em liberdade.

E uma vez reprimidas por você, elas te arrasam! Te engordam, te enchem de dores nas juntas, nos ossos, dores no corpo inteiro. Toda fera presa se torna agressiva, é ou não é? A nossa energia de sexualidade assemelha-se em essência a um bicho, animal, porque é puro instinto, inspiração. E uma vez que se tem problemas com esta parte, seus atributos espirituais também serão comprometidos em expressão no mundo físico, na nossa vida.

Observe as pessoas de sucesso, ponha sua atenção numa mulher próspera, aprecie uma que seja poderosa, sexy, linda. Veja como ela se comporta, ela teme os outros e suas opiniões? Não! Ela tem vergonha de seu corpo? Não! Ela tem frescura de gente besta e vaidosa que liga para o que os outros dizem? Não! Ela simplesmente é natural, não tem vergonha de se exibir, de se mostrar ao mundo. E consegue se sentir linda do jeito que é, mesmo sabendo que pode ter os chamados “defeitinhos”, que todo mundo tem, afinal, não somos bonecos, somos seres humanos de carne e osso.

Então, se quer melhorar o dinheiro, vai ter que mexer aí também! Quer um exercício? Vou dar um, que é certeiro, diga assim pra você: Eu sou gostosa! É, isso mesmo, é pra dizer viu? Eu sou gostosa, sou linda do jeito que sou, não sou como as outras e nem me comparo, sou linda assim como sou e amo meu charme e minha beleza que são únicos! Assuma mesmo a gostosona, porque a gostosona (não a exibida e vulgar) na maioria dos casos é rica (entendeu o efeito sombra na prosperidade?).

Isso tudo é sexualidade! Autoestima e autovalor são sem dúvida as mais fortes posturas internas que não só atraem dinheiro, como tudo o que é bom, inclusive namorado (a)! Não negue esse dom, pare de ser apagado (a), morto (a) e sem graça! 

O mesmo serve para os homens, sem sentar no “gostoso”, no garanhão e no bonitão cheio de autoestima e auto apreciação física (porque isso é importante para o homem), a libido fica baixa. E homem com a libido baixa significa diretamente franga depressiva. E você, homem, sabe o quanto isso é frustrante. E claro, de frustração emocional em frustração vamos criando um problemão. (rimou)

Me responda: Você acha mesmo que o dinheiro gosta de quem é morno e sem sal? Claro que não! A riqueza material gosta de chover na horta de quem tem autoestima, de quem vive sua natureza sexual do jeito que é, chove na horta de quem vive e expressa a sua sexualidade na mais pura intenção, porque isso é puro, é de Deus!

Você já reparou como as pessoas desenham as santas ou divindades femininas? Com cara de piedade, com vestes até os pés e pior, sem maquiagem e sem aquele cabelo bonito! Que crime isso! As pessoas pintam uma imagem da mulher santa como uma mulher choca e sem fé.

Você acha mesmo que os espíritos de luz na forma feminina são assim? Enganou-se! É cada uma mais linda do que a outra. Por serem evoluídas, estão cientes de que devem se amar e sempre estarem belas, mas para expressarem a sua divindade em si mesmas e para si mesmas! Belas, reluzentes e confiantes como todas as mulheres e homens deveriam ser! 

Viva a essência daquilo que você é, não reprima seus impulsos sexuais e expressões da sexualidade. Antes, viva-os com prazer e sabedoria! Cultive o dom de se sentir gostoso, sexy, vivo, exuberante, do jeito que é.
Vamos combinar aqui, vou escrever uma frase e você grave bem na mente: Para a vida soltar a grana, eu devo soltar a franga. Repita em voz alta, todo dia, é um mantra! Mantra sagrado!

E o que é soltar a franga? É soltar você de verdade, é se permitir viver sua sexualidade e essência como coisas naturais, saudáveis. É se permitir ser quem é, ter a sensualidade que tem, colocar uma roupa mais ousada sem se envergonhar de si mesmo, é ser você, cru, natural, divino.

Para se ter pudor e decência, não é necessário se reprimir, bom senso já é o suficiente! Pare de se condenar pelos seus desejos, é normal desejar, é normal ter excitação sexual, é normal, é normal, é normal! Tem que repetir senão você não entende. Da mesma forma que o dinheiro, a sexualidade foi reprimida demais em nossa criação social e muitas vezes é posta como algo ruim, perverso e eu te garanto: Não há nada mais espiritual do que a riqueza de tudo (incluindo dinheiro) e a sexualidade, porque prazer, alegria, satisfação e desejos da alma são as coisas que fazem a nossa vida ter gosto. E se não tem gosto, então não vale a pena nem viver.

Tenha gosto na sua vida, prazer é espiritual, em todos os sentidos! O que não é espiritual é a negação dele. A rejeição aos desejos sim, é uma coisa abominável, pobre, ultrapassada! E você não quer ser pobre, quer?
Então meu amigo (a), mude sua visão da espiritualidade. Viva sua natureza, assuma seus desejos e se você tem algum problema com isso, se cure hoje mesmo e comece a viver a maior das missões de um espírito, se dar prazer e alegria! Numa expressão pura, honesta e verdadeira de toda a sua sexualidade e essência.

Seja próspero!
Vinícius Francis

*Se você deseja conhecer os cursos e materiais disponíveis para ajudar em sua caminhada, inclusive as terapias individuais, livros canalizados dos Elohim e o curso de seis semanas de estudo canalizado de Palas Athena, clique aqui http://os-filhos-da-alva.blogspot.com.br/2013/10/cursos-e-trabalhos-disponiveis.html e tenha mais informações. Dúvidas, me escreva.

3 comentários:

  1. Como é natural e saudável sermos seres humanos cheios de desejos e vontades, é maravilhoso podermos nos expressar da forma como fomos criados, livres!

    ResponderExcluir
  2. Ameiii seu texto é ótimo, você tem algum material para ajudar a nos libertar da vergonha e da inibição? Eu sofro muito disso, inclusive com a busca da aprovação dos outros. Seria legal o aprofundamento deste assunto. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto! As energias estão abertas para a cura do feminino! Grata pelas palavras de motivação!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.