terça-feira, 11 de novembro de 2014

Nós somos a transformação do mundo


Sabe, querido leitor, as últimas mensagens que recebi, do mestre Serapis Bey e de Athena mexeram muito comigo e acredito que com você também. São palavras que parecem revirar o nosso ser e nos chacoalhar, no intuito de tirar de nós aquilo que já não serve mais. E de fato, é isto o que as experiências da vida têm feito conosco no decorrer de todo esse processo de despertar.

Despertar para o Eu superior e aos poucos, ir largando o eu inferior com as suas raízes ignorantes, desfocadas do verdadeiro amor de Deus. E não digo que esse lapidar não dói. Dói sim, incomoda a gente, afinal, quem quer mexer na ferida? Quem deseja tocar no machucado que sangra? Claro que, se dói é porque ainda não foi sarado.

E é esse o intuito dos divinos mestres e energias não físicas ao nos enviar esses preciosos recados. Nos transformar a partir da luz, do amor, do Bem. Esse é o convite oferecido a nós nos últimos anos e eu, digo que tenho tido o privilégio de servir como canal deles para trazer as palavras que reconfortam, encorajam, puxam a orelha, fortalecem, enxugam nossas lágrimas, outras vezes as provocam. Pois em alguns casos, precisamos jogar para fora as nossas emoções mal administradas por meio das lágrimas, porque são elas que nos esvaziam da energia contida em excesso. E ela precisa sair. E me sinto feliz em poder contribuir. Claro, não sei por quanto tempo, mais eis-me aqui enquanto posso e enquanto eles querem que assim seja.

Porque trabalhamos em conjunto com o divino. Não é somente ele, somos nós e ele, numa constante operação a favor do nosso Bem. E de fato, é isso o que nossos irmãos mais esclarecidos desejam ao se aproximarem de nós neste tempo, nos indicar o caminho, nos apontar a direção assertiva para a nossa felicidade. Afinal, não é para isso que viemos e estamos vivos? Não é para aprendermos a arte de viver? E o que é melhor do que ser feliz? É o ápice, eu diria.

No entanto, quantas vezes o medo, o desconforto, a descrença, a desesperança vem bater à porta tentando tirar de nós a nossa força? Quantas vezes o desespero tenta destruir as grades de proteção das janelas da nossa alma, nos amedrontando ao dizer que aquelas situações de nossa vida não têm jeito, que nossos sonhos estão longe demais para serem alcançados, são difíceis, inviáveis, distantes. Não é assim?

E por isso, eu compreendo essa ajuda dos amigos de cima como ferramentas cruciais e um auxílio indispensável para que não percamos a fé, tampouco a certeza do melhor em nosso viver. Afinal, somos humanos e às vezes, precisamos que alguém bata em nossas costas, com um sorriso de motivação e fé, a nos dizer: Ei, vai dar tudo certo. Está tudo bem! Você vai conseguir. Sim, eles dizem isso nos ouvidos da nossa alma, para nos encorajar a seguir em frente. Estamos num processo lindo e nenhum deles quer que percamos a rota, nenhum deles quer que tiremos os olhos da fonte, porque é ela a luz divina em nós, que resplandece, clareando o caminho.

Mas o medo tira de nós essa visão, nos enfraquece. Quem sabe você se vê desencorajado diante de uma situação na sua vida que parece impossível de mudar! 

Quem sabe você tem um grande sonho, só que agora, ao olhar em volta não encontra meios para fazê-lo ser real! Muitas vezes a realidade parece nos oferecer somente motivos para desacreditar. Porém não é isso, não é assim, é o nosso medo que nos faz ver o pior de tudo e perder a certeza, não somente da manifestação de um desejo, mas da presença do divino em nosso ser. E eu sei, que diante do caos, somente a fé de que em nosso interior vive a luz e a vida, pode nos manter de pé. E nossos mentores são as agradáveis vozes dos anjos a soprarem em nosso coração: Sim, você pode tudo em Deus, porque você e o Pai são Um. Não foi o que disse Jesus a nós?

E essa verdade ninguém, nada, pode tirar da gente. Nenhum infortúnio, nem momentos de aflição, tampouco a situação do nosso país, nenhum desses inimigos podem removê-la do nosso ser. E é ela que nos reveste de poder e nos faz olhar para frente motivados a caminhar e trilhar em excelência. Haja o que houver, mostre-se a realidade como mostrar, os filhos da luz, os que estão despertos, precisam manter seus olhos abertos e o seu coração pautado no Bem, porque é dele que provem toda e qualquer solução que necessária.

A cura do nosso país não está nas mãos de homens, mas nas mãos invisíveis da sublime presença do Eu Sou, que reside em nosso interior, mas muitas vezes e infelizmente, encontra-se adormecida. Porque quando você reconhece o poder na realidade e dobra os joelhos diante do caos, seja do Brasil, seja da sua saúde, do seu casamento, da sua vida financeira, da sua vida profissional ou amorosa, instintivamente você nega o Poder de Deus em seu interior e o faz adormecer. No entanto, ainda adormecido, ele está aí e não vai te deixar.

Isso me lembra uma passagem bíblica onde Jesus dormia no barco enquanto os discípulos pelejavam sob uma forte tempestade. E o mestre descansava, em paz, mesmo com todo aquele caos em volta. Desesperados, eles acordaram Jesus e este, quando se pôs em pé, acalmou a tempestade e deu uma advertência aos seus seguidores: Vocês são homens de pouca fé.

Os nossos tormentos, caros leitores, a nossa insegurança, medo e vontade de desistir estão refletindo a nossa falta de fé no Bem. Se a sua luz estiver dormindo em seu interior, acorde-a, desperte-a. E quando ela resplandecer em consciência através de você, tenha certeza, toda tempestade cessará. As tempestades de nossa nação cessarão, do nosso mundo, da nossa vida, quando elevarmos a voz de nossa fé com mais força do que a voz dos trovões da realidade que hoje nos amedrontam.

Creia, não desista, não esmoreça. Creia somente. Entregue-se à luz e eleve o seu coração em profunda gratidão aos céus, pois tudo é possível ao que crê, disse Jesus. O que acredita é o que triunfa, o que não desiste de si mesmo conhecerá os caminhos da excelência, caminhará em verdes pastos, nas veredas da justiça, no Bem e na fartura descansará o seu coração. 

Forte é o homem que possui fé. E forte é a fé que não precisa de evidências, pois a verdadeira fé não espera sinais, ela faz acontecer. E como os amigos não físicos fazem comigo, quero fazer com você neste dia, sinta o meu tapinha de encorajamento em suas costas hoje, e junto com ele, eu te digo: Ei, vamos seguir em frente, ainda temos muito o que viver, fomos chamados para a vitória e ela, quem faz somos nós
E nós somos a transformação do nosso mundo e da nossa própria vida.

Seja feliz!
Vinícius Francis 

*Segundo livro canalizado: "No caminho da felicidade" é a nova obra dos Elohim, já disponível em nosso blog. Um livro repleto de novos ensinamentos, com muitas das respostas que procuramos para viver melhor. Mergulhe na sabedoria deste guia que te proporcionará grandes descobertas e aprendizado. Clique neste link e saiba mais: http://os-filhos-da-alva.blogspot.com.br/2014/10/segundo-guia-dos-elohim-no-caminho-da.html

Um comentário:

  1. Estes amados seres de Luz nos alertam carinhosamente sobre a nossa responsabilidade quanto ao crescimento espiritual. Amorosamente nos lembram sobre a retidão espiritual que todos nós devemos observar enquanto encarnados neste orbe.
    Justamente pelo imenso amor incondicional deles por nós, querem que as suas palavras nos despertem para a realidade maior de que não estamos aqui para brincar de viver despreocupadamente.
    Atentemos à elas, façamos a nossa parte! É para o nosso bem!
    Luzes e Bênçãos
    Marcos Freitas

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.