quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Resgatando a autoestima


Caro leitor, é uma necessidade enorme cuidarmos de nossa autoestima. Neste mundo moderno o que mais vemos é a mídia lançando seus moldes da perfeição e as pessoas se cobrando para estarem “no padrão”. Em tudo aquilo que eu ensino às pessoas a base é a forma como nos tratamos.

Já que tudo começa em nós é imprescindível que tenhamos uma relação amorosa com quem somos, em profunda aceitação. Porque sem aceitação de quem somos entramos no barco dos rejeitados e navegamos na busca da aprovação dos outros. 

E de fato, é isto o que pessoas sem autoestima fazem. As academias nem sempre estão lotadas de pessoas interessadas em saúde e bem estar individual, pessoal.

As clínicas de estética nem sempre estão abarrotadas de seres humanos interessados em cuidar do corpo, da pele e da aparência pelo simples e decisivo fato de serem belas e jovens para si mesmas. O mercado da beleza cresce cada vez mais e pessoalmente, acho isso magnífico, entretanto, o objetivo que move a maioria de nós na busca pela “perfeição” é onde está o problema.

Claro que essa deficiência de querer mostrar algo para os outros não nos afeta somente nesta área, a da autoestima, mas especialmente nela, nos adornamos e investimos em nossa aparência, muitas vezes, por causa da aprovação do mundo. 

Malhamos para que vejam nosso corpo “sarado” e elogiem. Tratamos da pele do rosto para que prestem atenção e nos chamem de “jovens”. Usamos roupas bonitas, caras e de marcas, para que as pessoas notem e notando, nos invejem. Isso existe demais, infelizmente.

E a postura que se esconde em atitudes como esta é a autoafirmação. Visto que toda vez que necessitamos mostrar e provar algo para alguém é porque, nós mesmos, não nos convencemos daquilo. Gente, se arrumar, investir na beleza é algo lindo e necessário até, mas desde que seja feito por nós e pela nossa ambição em ser belos para nos agradar. Como consequência, os outros notarão, mas isso nunca deve ser feito com esse intuito.

Se eu preciso que me elogiem é porque eu não faço isso comigo. Se eu preciso ficar me exibindo para o mundo é porque eu não me aplaudo, não me admiro ao ponto de não necessitar que ninguém mais o faça. E se eu não cultivo essa apreciação comigo, logo, certamente, todas as outras áreas da minha vida estarão comprometidas e fadadas ao fracasso. Eu preciso gostar de mim para ser feliz. É a primeira regra, básica, na construção de uma vida plena.

Mas gostar de mim mesmo não tem nada a ver com me enfeitar, tentar ser o mais bonito, charmoso, popular, de jeito nenhum! Me amar consiste em me aceitar como sou, em me abraçar com todas as características que tenho. Nem sempre uma pessoa que tira uma foto de si própria e posta nas redes sociais dizendo “Eu me amo”, realmente gosta de si.

Como eu disse anteriormente, a maioria faz essas coisas por autoafirmação, para convencer os outros, uma vez que não consegue fazer isso consigo mesmo. A autoestima não se nota no espelho somente ou nos “selfies” que tiramos exibindo nossa aparência física, embora isso seja legal se nos faz bem. Ela é comprovada nas atitudes de nosso cotidiano, na forma como nos tratamos, em onde nos pomos e no que permitimos estar em nossa vida.

Do que adianta se preocupar com a aparência se não há filtros nos relacionamentos? Como eu posso dizer que me amo se me permito ser abusado, manipulado, machucado por qualquer coisa que seja, se me condeno a viver situações que não gosto e a fazer o que não quero pelos outros? Se eu ajo assim, então não me amo. Amar-se é priorizar-se. Amar-se é se colocar em primeiro plano, é estar atento às necessidades próprias, sejam internas ou externas. É jamais violar os próprios valores ou desrespeitar-se por qualquer motivo.

Atente-se à importância de cuidar da sua pessoa interior. Quer construir prosperidade e sucesso em sua vida? Então comece a fazer isso se amando, porque quem se ama está apto a desfrutar do melhor da vida. Já quem não se ama, não usufruirá do verdadeiro significado, pois o genuíno sentido da vida está em se sentir bem consigo mesmo.

Se existe algo que realmente precisamos é gostar de nós. E não importa se os outros não nos aprovam como somos, uma vez que nós já fazemos isso conosco e nossa auto aprovação basta, preenche. Não interessa se sou baixo, alto, magro, gordo, branco, moreno, negro, pobre ou rico, isso não me define em absolutamente nada. 

O que me define é quem sou por dentro, ou seja, minha alma, minha essência, que é a mesma de Deus.

E se Deus vive em mim, isto é o suficiente para eu aprender a gostar de mim e me interessar pelo meu mundo. Arrume-se se quiser, malhe se desejar, frequente clínicas de estética se isso promove sua alegria, ande com roupas da moda, enfim, se comporte externamente como bem lhe aprouver. Mas, guarde em seu coração que o verdadeiro significado de se amar está em gostar da pessoa que existe em você, ela merece toda sua atenção, importância, carinho e méritos. Ela merece o seu melhor. Trate-se como gostaria de ser tratado pelos outros e se ame como sempre desejou ser amado naquele relacionamento dos sonhos.

Se aprove, se motive, seja paciente consigo, seja respeitoso com os seus sentimentos e viva em busca do que faz sentido pra você. Seja feliz, dedicado, cuide da sua aparência sim, é importante também. Alimente-se bem, faça exercícios. Porém, sustente aí na mente que se tratar da melhor maneira é o que vale, considerando-se perfeito, obra prima da divindade, pois você é. Termino com uma frase de Jesus: Sejam perfeitos, assim como vosso Pai Celestial é perfeito. É assim que você precisa e merece se enxergar.

Seja feliz,

Vinícius Francis 

*Estou aproveitando este espaço para anunciar com antecedência o próximo livro dos Elohim que será lançado agora em Setembro, "No caminho da Felicidade". Uma obra cheia de ensinamentos funcionais, onde mais uma vez essa consciência divina nos leva numa jornada rica em conteúdo espiritual assertivo para a construção de uma vida realmente feliz. Você que já adquiriu o guia "A arte de viver" e gostou, tenho certeza de que será novamente impactado pela sabedoria e positividade desses amigos que têm cooperado com belas mudanças em minha vida e na de todos os que se propõem a praticar seus ensinamentos tão profundos e verdadeiros. 
HAJA LUZ!!! :o) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.