segunda-feira, 28 de julho de 2014

Sem medo de ser feliz


O medo acorrenta a cada uma de nossas aspirações humanas, ele torna tudo obscuro, sem perspectiva. A impotência povoa nossos pensamentos e reflete em emoções negativas. 

Ela nada mais é que a falta de confiança em quem somos, falta de positividade, de enxergar o potencial infinito que temos de superação e aprendizado sempre que necessário. Este vilão do bem estar, torna-nos vítimas do acaso, preguiçosos para buscar mudanças, fechados para o novo, completamente isolados do mundo.

Para vencê-lo é necessário coragem para enfrentar situações desafiadoras , que mexem com nossas emoções mais sutis. Pois muito dos medos que sentimos, são frutos de repressão, desconfiança, de falta de autovalor, enfim, de tudo que mina nosso poder.

Então, nunca diga “não” para as novidades, vá e faça diferente, complete os ciclos que começou, tenha mais perseverança e ousadia. Busque força espiritual, ative sua fé, não veja barreiras para seus ideais.

Não há nada mais gostoso que sentir confiança, de entrar e sair das situações com cabeça erguida e a sensação de dever cumprido. O autodomínio é um bálsamo diário para os desafios e para a evolução em todos os setores da vida.

Muitas vezes, perdemos chances valiosas de transformações únicas por causa do medo. Errar ou acertar são duas vertentes presentes em qualquer coisa que fazemos. Então, pare de temer e dê leveza ao seu cotidiano, para que assim, o prazer de viver seja algo normal, palpável todos os dias.

Paz e Luz,
Márcia Diniz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.