terça-feira, 10 de setembro de 2013

Sacerdotisa Amaranthus - O Silêncio é a nossa voz mais alta


Brasil, 10 de Setembro de 2013
(Novo Amanhã, na oitava fusão magnética das auroras)

“Toda ideia de insuficiência nasce da negação da suficiência do espírito.”

Amigos da Terra, eu sou a Sacerdotisa Amaranthus, representante e cooperadora neste orbe etérico da amada Sirius A. E aproximo-me em amor, em caridade e compaixão pela vida no Universo e em vosso plano, que recentemente, acolheu parte de nossa pátria a reencarnar na crosta, assim como em outros lugares que abrigam a vida na Terra.

Da mesma forma recebemos parte dos seus, que atualmente, realizam conosco uma sublime tarefa de aprendizado e expansão. Vistam-se do amor que vem de dentro! 

Vocês necessitam por demais deste amor. Aliás, é a única coisa de que realmente precisam. Todas as outras “necessidades”, que é como vocês julgam vossos anseios, são procedentes a do preencher-se de si mesmo.

E perceberão que quando se preencherem do que brota no lado de dentro se sentirão menos afoitos e ansiosos, não só quanto às coisas desta vida, em termos de aquisição material, quanto do emocional.

Vocês são apressados, inquietos na maioria das vezes! Terrenos, silêncio por uns instantes! Ouçam o som das águas da vida que caem sobre vocês, já conseguiram ouvir isso alguma vez? Este som é o som do bater de vosso coração.

Acalmem suas mentes sempre que se sentirem aflitos, nervosos, agitados e descontentes com o que está fora. Terrenos, fechem os olhos, imerjam no profundo de vosso ser na busca pelo total silêncio. Fiquem nesse estado até que o “bater do coração” possa ser ao menos sentido.

Esse som, o som das águas da vida sobre vocês, vos trará de volta a si mesmos. Aqui o silêncio rompe o ar, o espaço e nos leva a uma profunda conexão com o que está vivo do lado de dentro. E o que é isso? Aí vocês chamam de Deus, aqui poderíamos nomear de outras formas, uma delas é "águas da vida", outra seria "Aurora da existência".

O que nos preenche é essa aurora, essa luz interior. Eu sei que se sentem inquietos, irritados, perdidos e sem forças diante de certos eventos do externo. Compreendo que a realidade sólida parece vos iludir e de fato o faz. E se eu dissesse a vocês que ela é enganosa, vos aborreceria ainda mais. Então, não vamos falar disso.

Silêncio! Ouço vossas mentes se agitarem quando leem esta palavra “silêncio”. É como se eu vos mandasse calar a boca. Mas, quero que se silenciem mentalmente e como consequência, as palavras cessarão. Terrenos, silêncio! Para que tantas perguntas, tantos questionamentos, tantas dúvidas e tanta excitação em querer descobrir tudo?

Sabem quem são? O que estão fazendo aí? O que querem desta vida atual? 

Respondam essas três perguntas a si mesmos e então, estarão aptos a compreender as outras coisas que buscam.

Mas, garanto que na vibração de viver nas respostas das perguntas que sugeri, desistirão momentaneamente de procurar por outras coisas.

Terrenos, os homens lhes parecem injustos? Ignorem-nos. Os problemas parecem sufocá-los? Libertem-se deles. Saiam da frente das circunstâncias ruins. Elas apertam vocês porque se colocam diante delas, então saiam. Terrenos, as circunstâncias não cooperam com o que sonham? Então sejam vocês os cooperadores de si mesmos e naturalmente a realidade fará o mesmo, mas no tempo dela.

É como dizemos aqui, em nosso contexto: As auroras que iluminam nossos céus contam o que seria o nosso “tempo” e sabemos que cada fusão magnética que realizam tem seu momento e suas condições certas para ocorrer. E nisso, sabendo que elas acontecerão, não tentamos forçá-las a tal. Vocês se cansam porque tentam forçar a árvore a crescer num ritmo que ela não deve.

Terrenos, estão cansados? Mergulhem no silêncio do Eu e lá serão banhados pelas águas da vida, elas saciarão a vossa sede. Estão descontentes com algo desta vida? 
Nem tudo será como desejam e precisam aceitar isso e é exatamente disso que precisam para terem paz, de aceitação.

Aceitem-se, aceitem o mundo em volta de vocês como ele é, as pessoas como são, as coisas como acontecem e a vida como se mostra no agora. Soaria como acomodação diante de vossas mentes rebeldes, no entanto, garanto, meus amigos, que sugiro atitudes que são muito mais eficazes em “poder” do que vossas muitas buscas desenfreadas.

Estão perto de descobrir isso de uma forma mais intensa. Quanto mais o externo se agita, mais devem se aquietar e deixar que o vento perca a força e a tempestade por si só, passe. Busquem a essência de vossos sonhos e vivam nela, sem impedimentos emocionais, pois a vida terrena é por demais breve. Vejo muitos mergulharem em dor de remorso ao largarem o corpo. 

O arrependimento e o remorso andam de mãos dadas com os que perdem tempo no cultivo de sentimentos desnecessários, deixando de lado aquilo que pode e deve ser feito agora.

Façam! Sejam humildes, façam o que deve ser feito agora, é só assim que evitarão o remorso que tanto vos machuca. Sejam serenos e compassivos amigos terrenos, sejam tão brilhantes quanto o despontar do Sol pela manhã da Terra e tão silenciosos quanto ele ao surgir no horizonte, pois aquele que brilha na força e luz do Bem se mantém no silêncio interior, pois a sua luz fala por si. Lembrem-se disso. Obrigada por me aceitarem como amiga em vossos corações.

Preencham-se do amor que vem de dentro!

Eu Sou Amaranthus, Sacerdotisa e cooperadora no orbe de Novo Amanhã, onde o silêncio é a nossa voz mais alta.
Canalizado por Vinícius Francis 


Click na imagem acima e acesse nossos cursos e trabalhos disponíveis!


4 comentários:

  1. Magnífica mensagem, que sabedoria e compreensão vida!

    ResponderExcluir
  2. Linda!
    Amei!
    Estou precisando muito mesmo desse silêncio.
    Obrigada Vinícius e Amaranthus!

    ResponderExcluir
  3. Vinicius poderia fazer um post sobre entrar no fluxo e ser feliz no fluxo?. As vezes eu sinto que to no fluxo eu me sinto bem feliz, as cores de destacam, eu escuto o que os outros falam de uma maneira diferente, tudo parece mais iluminado, eu só penso em fazer as coisas que eu amo, e o que eu amo parece tão mas interessante que antes, eu sinto satisfação e entusiasmo só que não consigo manter por muito tempo. Obrigado mesmo por fazer esse blog mudou minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lightning Warrior, em primeiro lugar quero agradecer por suas palavras, é muito bom saber que você tem colhido bons frutos do nosso trabalho, muito bom mesmo!
      O tema que você levantou é bem interessante, visto que encontro muitas pessoas com a mesma dificuldade, por isso, terei o grato prazer de escrever dentro do assunto. Obrigado pela sugestão e continue acompanhando as mensagens! Luz em seu caminho! :)

      Excluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.