terça-feira, 6 de agosto de 2013

Elohins - Na Vibração de "ter" todas as coisas


A solução de todos os vossos problemas está a apenas uma atitude de vossa parte. 

Gostaríamos que todos os humanos pudessem ler a frase acima e mais, que a colocassem em prática.

Obviamente, ler a frase não irá promover mudança significativa. É preciso compreender a respeito da atitude sobre a qual nos referimos e também “como” pôr em prática, ou seja, como executá-la.

Nenhuma teoria tem significado se não for praticada. O muito conhecer torna o homem culto, mas é somente a vivência que o torna sábio. E sábio é aquele que executa o que sabe e conhecedor é aquele que detém o conhecimento.

Apreciamos que vocês saibam de tantas coisas. A vida se baseia em constante aprendizado e busca pelo novo e sempre haverá algo para vocês descobrirem. 

Entretanto, no que se refere a vossa felicidade e expansão no sentindo interior, seria melhor se fossem mais práticos do que conhecedores.

Que os pensamentos positivos alavancam uma boa vibração, vocês sabem bem. 

Agora, vocês têm pensado positivamente?

Que sentir-se bem faz com que vosso sinal se altere de forma a entrarem em harmonia com tudo aquilo que pediram (desejaram), permitindo assim o fluxo de bênçãos, vocês também sabem! Agora, estão porventura se sentindo bem? Estão se colocando em harmonia com a sensação de manifestação dos desejos e sonhos?

Nutrir ideias e crenças de prosperidade, rejeitar e não dar ouvidos e atenção ao que não produz bons frutos é uma coisa ótima. Todavia, é assim que vocês, amigos físicos, estão se comportando na maioria das vezes?

Reconhecer que ao abraçar o Eu interior, com todos os seus desejos e verdadeira identidade, promove um mover significativo das energias de Deus com a finalidade do progresso e sucesso de vossa vida física é sensacional. Mas, isso está no campo da prática com a mesma vivacidade em que opera no mental?

Estão se deixando fluir na exata permissão que sabem que necessitam permitir? 

Estão se alinhando com os cosmos com a mesma intensidade que dizem aos outros para fazê-lo? Ou ainda seguem em vossas desculpas, martelando as mesmas ideias e repetindo os mesmos comportamentos que não geram bons frutos e nem progresso?

Seria como se vocês segurassem um martelo e dissessem ao companheiro que se deve bater o prego com ele, mas na prática, batessem o martelo em vosso dedo. 

Seria como se indicassem o caminho certo a alguém para chegar num determinado lugar e seguissem num rumo oposto, sendo que também desejavam o mesmo destino.

O muito falar não produz as mudanças que desejam e nem o muito pensar. O máximo que conseguem é convocar a energia da fonte. E agora precisam permitir o fluxo desta mesma vibração que convocam. Precisam soltar vossos freios emocionais e se deixar ir na direção de vossos objetivos.

Precisam agora, literalmente, quebrar o freio de mão, o vosso medo, o vosso orgulho, aquilo que vos mantém rígidos diante do fluir e seguir em linha reta.

Ir em direção ao que desejam é estar confiante e convicto. E fluir em aceleração é se sentir tão abençoado quanto se sentiria se já tivesse alcançado o fruto desejado.

Deem atenção para o que vos inspira e vos promove o Bem. Cessem com os botões das resistências. Apertá-los vez após vez não os ajudará em nada. É preciso largar o que não pode fluir. 

É preciso seguir adiante num estado interior que se compare àquele que se encontrarão quando se manifestar o que desejam.

Pensem, sintam, sonhem e permitam! Acreditem que todas as coisas boas podem acontecer para vocês. Acreditem que para alcançar o benefício da manifestação dos elementos que compõem vossa felicidade, basta que se libertem interiormente. Basta que se permitam a harmonia vibracional com vossa essência divina.

Não é necessário esforço, é necessário bem estar. Não é necessária a dor, é necessária a sabedoria, pois a presença dela torna desnecessário o sofrimento. 

Quando vocês estão conectados em vosso melhor, sabem de tudo, creem em tudo, podem tudo e são capazes de manifestar tudo.

No entanto, não viemos aqui enfatizar a vocês que “podem tudo”, pois já ouviram isso muitas vezes. Estamos aqui para vos dizer “como” podem tudo.

E a resposta é: Quando são felizes! Quando são quem são! Quando estão de bem com a vida, sorrindo pelos cantos, apreciando cada detalhe bonito. Quando estão se importando com o que vos faz sentir o Amor, a paz e a alegria.

Quando dão força para o que vos promove o bem estar, executam o poder divino de realizar todas as coisas.

Digam ao acordarem: Hoje, farei do meu dia a oportunidade de execução do meu poder divino. E todas as vezes que me sentir feliz, saberei, naquele segundo, que me conectei à minha verdadeira força e que naquele momento eu sou Um com Deus e posso simplesmente tudo. Então, ao invés de correr atrás das coisas, vou correr atrás desta sensação, pois quando a vivo, estou na vibração de "ter" todas as coisas. E que assim seja. Haja luz!

Elohins através de Vinícius Francis

3 comentários:

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.