terça-feira, 21 de maio de 2013

Somos o que escolhemos


Nossas escolhas nos fazem e nós fazemos nossas escolhas”, esta frase de um amplo significado dos Elohins me chamou atenção. Acostumados com o vitimismo, vivendo dentro de uma sociedade repleta de padrões humanos e com crenças tão reduzidas é difícil para os humanos entenderem que são responsáveis por sua vida.


Preferimos achar e acreditar que somos vítimas e nos colocar debaixo das leis do Destino, da sorte e nas mãos de um deus tão limitado e humano quanto qualquer um de nós.


Porém, esta crença de que não somos livres para escolher nosso destino, submete-nos à decadência e morbidez. A infelicidade é a marca daqueles que não têm a vida que desejam. Não há nada mais triste do que experienciar uma vida que você não quer, fazer coisas que não têm a ver com seu espírito e colocar-se em posições de desprezo a si mesmo.


Nada é mais lamentável do que se anular por alguém, por algum deus ou por qualquer outra coisa. Nada pode ser pior do que viver distante de si mesmo. 

No entanto, a dor parece não convencer àqueles que estão nessa condição e isso é bastante lógico, pois a dor não pode ensinar coisa alguma. O que nos faz querer mudar é o cansaço, quando estamos cansados de sofrer, aí é que decidimos mudar.


É preciso que nos atentemos ao livre arbítrio, que é um direito divino dado pelo Criador do Universo a todos. E você sabe o que é arbítrio? É a liberdade de escolha, liberdade de ser, de ter e de fazer qualquer coisa que você queira. A liberdade que ensinam nesse mundo não é assim! Não podemos escolher nosso caminho sem sermos punidos por uma divindade que propositalmente nos deu o direito de escolha. Não parece meio covarde a ideia de que nos é dado o arbítrio, mas este é infligido pela intervenção divina que deveria nos apoiar?


Como se dá liberdade e depois se cobra? Isso não é liberdade e sim condicionamento! Deus, o verdadeiro agente da vida, em toda sua perfeição imensurável e jamais compreendida por nós, nunca faria isso! Ele não nos daria algo para tomar de volta. Se nossas escolhas nos fazem sofrer, certamente é por consequências de nossos próprios atos e más decisões e nunca por punição divina.


Agora tem o Amor que é o símbolo da liberdade e respeito absolutos. O amor incondicional que os homens inventaram e que atribuíram a Deus não tem nada de incondicional. Quando se ama incondicionalmente quer dizer que independente do que você escolha para si, Ele (Deus), jamais deixará de te amar ou de lhe conceder algo de bom e muito menos te condenará ao inferno por qualquer que seja o motivo. Não cabe na cabeça de um bom pai ou de uma boa mãe a ideia de condenar seu filho ao sofrimento ou à abstinência de algo, se este não seguir àquilo que eles (os pais) acham que seria o certo. Se nós, humanos normais, não temos tais pensamentos cruéis, por que Deus, a divina consciência perfeita do Universo teria?


Isso é ridículo! No entanto no arbítrio que ele deu, podemos acreditar no que quisermos, mas estejamos certos de que pagaremos o preço por qualquer escolha que fizermos! Se sua vida não é boa, mude! Você é livre para seguir o que desejar e se ainda assim você não estiver satisfeito, mude de novo!


Você não é prisioneiro de Deus, Ele não quer te controlar e nunca o fará, pois te ama de verdade. Ele deseja que você seja feliz e que tenha sucesso em tudo, mas para isso, você e só você é quem pode realizar tal proeza para si mesmo. Ninguém pode interferir em sua vida, nem aqui e nem em lugar nenhum.


Todo o Universo conspira a favor do bem, mas sempre respeitando nossas escolhas porque para a divina consciência que nomeamos Deus, somos muito mais do que meros humanos errantes. Somos Espíritos eternos, poderosos e criadores capazes de realizar qualquer coisa. Nós somos a própria essência divina encarnada!


Contudo, temos em mãos um poder que ainda não sabemos administrar e este é o motivo de haver tanta ignorância no mundo. Por causa de nossa criação e educação espiritual pobre, não compreendemos que criamos nossa realidade a todo instante e que cada escolha que fazemos, seja consciente ou não, interfere diretamente na nossa realidade.


No entanto, você poderia alegar: Eu jamais criaria minha própria desgraça! E eu responderia: Talvez não se você tivesse consciência de que o faz! Mas o que ocorre é que as pessoas não sabem que são donas da própria realidade e que ninguém lá em cima, ou lá embaixo está agindo sobre ela sem o seu próprio consentimento.


As forças da vida agem conforme nossas escolhas. A divina consciência do Universo, Deus, confere a você aquilo que você vibratoriamente escolhe. Como assim? É muito simples, em que você acredita? Como você se sente? Quais são os seus pensamentos sobre a vida e sobre si mesmo? Dinheiro é difícil para você? A felicidade é algo que vem como conseqüência de muito trabalho? Seu sucesso depende da aprovação dos outros? Bem, se você acredita nisso, logo Deus ou o Universo somente lhe enviará situações, coisas e pessoas que cooperem com sua crença.

Difícil aceitar? Talvez, mas você não pode negar que essa ideia de liberdade e amor é muito mais lógica e racional do que a que recebemos. Até nisso você pode acreditar ou não, você é quem sabe! Afinal, estamos falando de você, da sua vida e quem irá colher os frutos de crenças sem fundamentos é você.


Por acaso nunca se perguntou o por que da vida ser de um jeito único para cada um? Por que o dinheiro flui em abundância para o fulano e nunca para você? Por que os outros gozam de uma saúde de ferro e você vive perrengado? Ah, você não tem argumentos lógicos para responder isso porque justificar sua derrota e seu fracasso alegando ser azar ou vontade de Deus não tem nenhum sentido e lamento dizer, mas isso é burrice.


Uma pessoa inteligente questiona, procura entender a causa das coisas e jamais lamenta sobre uma idéia ridícula e irracional como essas que ouvimos da maioria das pessoas. Se você for como eu, que acredita que o sucesso existe para você e que temos direito a usufruir do melhor a vida, então aí vai uma grande notícia: Você PODE o que você quiser! Qualquer coisa! Você é infinitamente poderoso para criar qualquer realidade.


Ponha-se onde você quer estar! Vista a camisa do sucesso e permita com suas emoções positivas que ele venha. Seja positivo consigo, faça aquilo que seu coração lhe diz, pare de achar que o coração do homem é enganoso, pessoalmente, eu nunca vi alguém que acredita nisso ser realmente feliz.


Não espere a vida te colocar num lugar de honra, coloque-se antes. Escolha! Escolha o melhor! Você pode fazer isso agora se quiser, basta desejar. Quer ser rico, milionário? Quer ser feliz e realizado em todas as áreas da vida? Quer ter sucesso, quer ver seu trabalho sendo reconhecido e admirado? Então escolha, faça uma afirmação de corpo inteiro que você já “É” tudo o que deseja ser. Assuma agora, aqui, o que quer ver na sua vida amanhã. Lembre-se, sua vida é agora e hoje, o amanhã depende exclusivamente do seu agora e das escolhas que faz no presente.


Seja um vencedor antes da vitória, seja rico antes do dinheiro e seja abundante antes da abundância. É só assim que vêm e é só assim que tudo o que você deseja pode se realizar. Lembre-se do que foi dito por Jesus, um verdadeiro mestre: “É dado somente àquele que já “tem”!


Seja Feliz,
Vinícius Francis

Um comentário:

  1. Questionar sempre, permitir o fluir do bem é aceitar a verdadeira essência da alma, como realmente é, sem padrões, sem imposições!!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.