segunda-feira, 4 de março de 2013

Elohins- Lei da Atitude, Mundos paralelos, Cristais e Pedras



Amamos vocês com um amor incondicional. Não exigimos nada, não temos a pretensão de vos forçar a alguma coisa que queiramos que façam, não. Amamos-vos assim como são e vos permitimos ser como desejarem ser. 

Esse é o Verdadeiro Amor, contudo, a interação entre nós e vocês só será possível se concordarmos em vibrações e isso, não pode ser forçoso, precisa ser voluntário, pois uma verdadeira mudança só ocorre quando é voluntária, ou seja, de decisão própria. 

Nossas diferenças e contrastes não impedem de nos “amarmos” mutuamente, contudo, pode impedir nossa interação. Então, se vocês desejam se conectar conosco, ascendam às emoções mais felizes, pois certamente na vibração delas, estaremos.

Somos como as estrelas do firmamento a iluminar-vos durante a noite. Somos os Elohins da Criação e desejamos acompanhar-vos em vosso processo de despertar à felicidade, já viva em vosso Interior.

Como funciona a dinâmica da vida quanto às situações difíceis ou satisfatórias que experimentamos?

Você são o centro de sua existência! E não há nada que ocorra neste momento a vocês que não esteja respondendo a alguma escolha ou crença vossa. O que ocorre na maioria dos casos é que vocês não sabem que estão escolhendo errado e por isso, questionam essa “coisa” de Atração desta forma: Como eu posso estar atraindo o que não quero?

É natural, pois ninguém, a menos que seja louco, faria isso de propósito. E apenas para tomar nota: Amamos os loucos, pois eles são mais sóbrios que os que se dizem Normais. Estamos falando de outro tipo de louco, não o louco que se despreza e toma atitudes que o fazem mal, que são contra seu Eu, dentro do assunto abordado na última reunião.

E vocês, agora que sabem que criam e recriam tudo, podem optar por direcionar seu foco de energia em coisas que tragam o bem estar. No entanto, há certos comportamentos em vocês que estão numa frequência, muitas vezes, oposta à de seu desejo.

Vocês pedem, pedem, pedem, procuram pelo bom pensamento, visualizam, meditam e nada parece de fato, acontecer. Mas, por que isso? Sendo que até então, estão aplicando os princípios ativos e deliberados da Lei? Não acontece porque vossas escolhas inconscientes vibram contra vosso desejo e não dizemos inconscientes no sentido de que vocês não têm “consciência”, não. 

Dizemos no sentido de que vocês nem percebem que estão trabalhando contra vocês e como fazem isso? Em suas atitudes.

Muitos dizem se amar, porém se submetem à situações que vão contra seu desejo interior ou se forçam a suportar aquilo que não aguentam e o nome disso, bem sabem, é “desvalor”. E como podem criar "Valor", ainda que desejem, se vibram desvalor? Se vocês se desprezam, se estão para vocês em segundo plano, não podem ter uma vida de primeiro plano, entenderam?

E vocês dizem: Eu me amo, eu sou tudo pra mim, eu estou comigo! E vos perguntamos: Vocês se bancam nas atitudes? Vocês se bastam nas atitudes? Vocês são fortes nas atitudes? Vocês são firmes a vosso favor, nas atitudes? Vocês são saudáveis nas atitudes? Vocês são honestos consigo mesmos, nas atitudes? Vocês são íntegros com seu espírito, nas atitudes? Vocês realmente se amam e se dão o poder, nas atitudes?

Vocês perceberão que frisamos “atitude” porque elas são as vibrações que reagem em vosso corpo magnético. São elas que pulsam criando vossa realidade. O campo mental, é maravilhoso e poderoso, contudo, vocês vivem na matéria e não no campo mental, certo? Então, para que o que está no mental possa se tornar físico, precisa ir para a matéria, ou seja, agir em vocês nas atitudes.

Quando desejarem a felicidade e a levarem para vossos corpos em formas de atitudes, atrairão a felicidade! Quando desejarem ser ricos e levarem a riqueza para vossas atitudes, em todos os níveis, quando realmente se derem o valor que desejam atrair, nas atitudes, serão ricos! Vocês sabem disso tudo que dissemos aqui, então, em resposta à pergunta: Vocês são o centro e tudo, seja bom ou mal, está o tempo todo sendo convidado por vocês. Vocês, agindo a vosso favor, respeitando vosso Eu atrairão coisas boas. E desrespeitando e agindo contra ele, atrairão os frutos de vossa desonestidade consigo mesmos. 


Vocês escolhem, vocês são os vossos juízes e senhores. Amamos-vos independentemente de vossas escolhas porque quaisquer que sejam elas, não nos afetam "vibratoriamente" e seriam vocês, capazes de amar desta forma, se também não se envolvessem nas escolhas dos outros. Envolvam-se em vossas escolhas e sejam felizes, apenas por elas. 


Há outros mundos que são paralelos aos nossos? Como eles são?

Sim. Há outros! Mas, não nos cabe dar muitos detalhes a respeito, pois seria para vocês, como ler um artigo numa determinada língua cuja tradução honesta e tangível não se encontraria em lugar algum deste mundo. Contudo, vamos falar um pouco sobre isso.

Os mundos paralelos são diferentes de dimensões paralelas. As dimensões vibram ou existem numa determinada frequência e se encontram acima de vossas cabeças, em vosso meio e embaixo de seus pés. Elas não têm localização específica e tampouco distância entre uma e outra, elas são postas em frequências de vibrações e somente são acessíveis deste modo.

O que é diferente dos mundos paralelos. Eles existem, são físicos e localizáveis, no entanto, não estão em vossa realidade ou melhor, não estão nesta faixa ou frequência de realidade. É como se eles estivessem do outro lado da moeda ou do espelho, estão ali e ao mesmo tempo são intocáveis e inacessíveis para quem está do lado em que vocês estão.

Podemos fazer uma analogia interessante: Vocês conhecem o prisma, este objeto é capaz de dividir a luz ao captá-la, assim como a água o faz. E dentro do que estamos explicando, imaginem como se a “realidade de existência” fosse um feche de luz e este feche de luz quando passa pelo prisma ou pela água, que é uma espécie de prisma, dividi-se em muitas cores.

No entanto, percebam que, se não houvesse o prisma ou a água vocês não saberiam que existem tantas cores juntas num único feche de luz, compreendem isso? Da mesma forma, numa mesma linha de realidade, estão muitas outras, existindo e coexistindo sem se tocarem porque estão divididas por “lados”. Um determinado lado de uma moeda não pode tocar o outro, contudo, ninguém pode negar que ambos os lados fazem parte da mesma moeda.

A realidade do Universo está submetida a faixas, a lados e eles são múltiplos. 

O Universo físico não é apenas aquilo que observam quando olham numa noite estrelada. Este que observam é apenas um dos lados, o lado da moeda que estão vivenciando no momento. E dentro dessas faixas existem outras realidades físicas, que “estão” localizadas onde vocês "estão" agora, no entanto, em outros lados, em outras realidades que não interferem diretamente na vossa.

E esses mundos são físicos? Sim, eles são! Porém, vocês não podem senti-los como físicos. Porém, não queremos que pensem que os mundos que interagem com vocês nesta mesma “localização de existência” no Universo se chamam “Terra”. Não, são outros planetas, com outros nomes, com outras civilizações, de tamanhos e proporções variáveis se comparados com o vosso. 

Embora, vivam e experimentem situações semelhantes as vossas aí da Terra. 

Eles são outros e queremos que compreendam isso.

E observando bem o prisma ou a água assim que recebe os raios solares e os “dividem” em muitas cores, vocês podem então, ter um entendimento bem próximo do que são as múltiplas realidades físicas que ocorrem num mesmo “espaço”. 

Quando as cores são divididas pela água, todas estão juntas, num mesmo raio, porém, não se tocam! É como se estivessem cada uma numa polaridade, numa posição, numa frequência e estão de fato. A água “reparte” a luz a fim de que vocês possam ver as muitas cores que nela habitam. Assim também a água serve de condutor entre as diversas frequências de realidades físicas, no entanto, isso não é compreensível a vocês, no momento.

Os mundos diversos vivem sua vida, seguem seu fluxo natural e não interferem no vosso assim como o vosso não interfere nos demais. Há trocas, há interação vibracional. Vocês podem captar as sensações, vibrações, pensamentos dos que estão nos outros “lados”, mas não podem se misturar fisicamente a eles, dissemos, “fisicamente”.

É como se vocês estivessem na faixa de cor verde do “raio da existência” e os outros estão, cada um, em sua devida cor, existindo junto a vocês, vivenciando o espetáculo cósmico da Expansão, experimentando inúmeras situações, experiências, conquistas, êxitos, junto a vocês, mas sem tocá-los. É tudo o que podemos dizer sobre isso! Esperamos que compreendam!

Sobre pedras e cristais

Todas as pedras que existem em vosso planeta vieram do Espaço, tudo foi criado pelo espaço e se dividiu em muitos mundos. Muitos dos elementos que existem na terra, existem em outros planetas, assim como há alguns que aí estão que não compõem outros mundos físicos. Cada mundo tem sua particularidade e maneira ímpar de desenvolver a vida, embora, tenham semelhanças com outros infinitos mundos físicos.

As pedras possuem a energia da criação e como dissemos sobre os mundos paralelos, elas também receberam dentro da “luz da existência”, diversos raios e funcionalidades e cada uma, de acordo com a sua cor, forma e composição, age em determinada frequência de energia. 

Se as pedras curam? Sim, pois possuem força magnética vinda das estrelas que as formaram, pois toda matéria de um determinado sistema solar foi formado pela energia de sua estrela e no caso das pedras mais densas e dos cristais, por exemplo, tal energia pode ficar armazenada como fluidos magnéticos. Seria como se vocês colocassem determinadas substâncias dentro de um pote de vidro. 

E no momento em que as pedras tocam a matéria humana, a carne humana que é envolta por magnetismo e energia, há a interação desta com os fluidos que estão no mineral e sendo assim, pode haver uma combustão que liberará substâncias, não físicas, capazes de realizar alterações no corpo, como a cura.

Pois se a dor ou doença no corpo é causada por um desajuste na energia, então, tudo, sendo energia, cura-se através da energia, que é o que compõe as pedras.

Muitas das pedras que existem aí, em vosso globo, também se acham em planetas de sistemas vizinhos. Entretanto, queremos vos lembrar de que cada estrela vibra com uma polaridade específica. No caso de Sirius, por exemplo, esta possui uma energia bem diferente do Sol. A cor dos raios desta estrela vistas a vossos olhos, são distintas dos raios de vosso Sol. E também, as energias que criaram os mundos que lá orbitam, são distintas das que criaram os vossos.

Sendo assim, as pedras, os componentes físicos e até os “não físicos” que lá existem são diferentes em sua composição, se comparados aos de vosso globo. Podem ter efeitos parecidos, formas parecidas, cumprir o mesmo objetivo, porém, são diferentes.

Vocês poderão achar minerais, pedras e outros elementos em composições semelhantes ou iguais aos do vosso mundo em planetas que orbitem estrelas semelhantes ao Sol e que também apresentem condições físicas semelhantes as da Terra. Pois a vida se reparte e se expande de diversas formas e em diferentes lugares. 

O que desejamos que saibam é que, as emoções felizes são as mesmas em qualquer lugar do Universo, ainda que se expressem de formas diferentes. A felicidade é o “raio de existência” que criou e que expande tudo. E tudo está existindo exatamente, neste raio e neste momento. Haja Luz!!!

Elohins por Vinícius Francis

2 comentários:

  1. Quantos esclarecimentos! Estou em êxtase com tamanha sabedoria! Adoro as resposta dos elohins, simplesmente magníficas!

    ResponderExcluir
  2. Queridos mestres, tenho a honra de participar de tamanha inteligência e sabedoria! Minha eterna gratidão!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.