quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Athena - Caminhem rumo ao Sol da Felicidade




O paraíso do Éden que existe em vocês necessita se exteriorizar.

A natureza divina em vós anseia pela manifestação externa. Foi para isso que vieram à Terra. A natureza divina do Éden, que se encontra em vosso ser interior, num estado de plenitude, necessita ser acordado.

Do éden lunar irradiamos as vibrações de Amor em vosso auxílio constante, queremos que vocês sejam capazes de transformar qualquer realidade de vida, até agora, viveram na parcialidade da felicidade e digo: Vocês ainda não experimentaram da Verdadeira Felicidade, o que vocês estão vivenciando em seu momento mais feliz são lampejos, simples lampejos da verdadeira felicidade.

É como se raios do Sol entrassem numa caverna escura através de aberturas entre as pedras, vocês estão aos poucos retirando as pedras e então, estão começando a receber alguns raios de Sol e quando o recebem, sentem algo tão maravilhoso que deduzem que a beleza do Sol se resume àqueles simples raios que conseguem captar e sentir.

Isso é profundamente natural para quem passou muito tempo dentro de uma caverna fechada por pedras, as pedras foram colocadas ali pela sua própria ignorância e fizeram da sua ignorância uma barreira entre vocês e o Brilho do Sol.

E quando sentiram os primeiros raios solares que antes não conseguiam sentir, se sentiram magníficos. E ainda que tudo isso não seja nem sequer um milésimo da essência total do “Sol”, estamos felizes e rejubilamos com vocês em cada passo dado rumo ao Sol, que ilustra aqui a felicidade plena do espírito.

No entanto, ainda que pequenos raios possam conferir a vocês um estado considerável de mudança e felicidade, queremos mais. Queremos mais porque sabemos da grandeza desse Sol, estamos todos nós agora, do lado de fora da “caverna” e podemos contemplar o tamanho desse Sol.

E por isso, o oferecemos a vocês! Isso mesmo amigos, continuem retirando as pedras, comecem pelas menores, elas são menos pesadas! Comecem por aquelas que são mais fáceis de retirar porque muitas vezes grandes “pedras” estão sendo sustentadas por outras bem pequenas, e uma vez que as pequenas são retiradas, talvez as de maior peso por si só cederão, quem compreender minhas palavras, que as absorva.

Amigos, a grandeza da luz da felicidade que vos espera do lado de fora da caverna é incrível! Por mais que se sintam felizes agora em seu desprendimento da ignorância, não se acomodem com o que conseguiram, não! Antes, prossigam retirando quantas pedras puderem até que saiam do estado de ignorância e estejam finalmente sob a total luz do “Sol”.

E quando estarão assim sob a luz deste “Sol”? Quando estiverem no não físico? Não, quando não houver mais nenhuma pedra entre vocês e a saída da caverna e bem sabeis, pois eu vos disse que as pedras são os vossos estados de ignorância.

A felicidade do vosso espírito é muito mais ampla do que aquela que vocês conseguem se dar no momento e queremos mais, mas queremos junto com vocês, queremos, porque sabemos que o vosso verdadeiro Eu também deseja por isso.

Quando vocês estão na matéria como agora, não compreendem como puderam desejar vir a este mundo tantas vezes para viverem várias vidas, porque a leitura que conseguem fazer desse plano físico é uma leitura ruim, de peso e na verdade não é assim. Vocês são livres e então me respondam: Se são livres, por que escolheram voltar nesse mundo tantas vezes? Se esse mundo é de provas e dores e se vocês são livres pra escolher, jamais optariam por um novo nascimento aí, não concordam?

Por isso vos digo: Vocês sabem que a Felicidade pode ser vivida em qualquer mundo e de fato, não há mundos bons e mundos maus, e sim há vocês felizes e interagidos com a Fonte e vocês infelizes e resistindo à fonte.

Então, eu quero lhes convidar à felicidade do espírito, quero vos encorajar a remover as pedras, todas elas, vocês podem porque a mesma força empenhada em colocá-las diante de vocês é a mesma força que precisam usar para retirá-las e digo: Para retirá-las não é necessário tanto esforço porque quando vocês se empreendem no Bem, o Bem e seus agentes com vocês trabalham.

Não trabalham sozinhos meus amigos, ninguém trabalha sozinho em coisa alguma, não podem nos ver com seus olhos, porém eu quero que vocês saibam que estamos trabalhando juntos, porém, estamos num setor diferente do vosso, não é assim numa empresa? Vocês não precisam ver todos os setores dela para saberem que eles existem e assim somos todos nós do não físico.

Queremos o vosso Bem porque do Bem somos e ao Bem servimos! Apoiamos-vos sempre e jamais deixamos que alguém trabalhe pela luz sem o nosso apoio, contudo dizemos: Não trabalharemos ao vosso lado quando estiverem contra a Felicidade, neste caso, não cooperamos. Somente cooperamos para a Felicidade no sentido natural dela, na resistência não estamos e na infelicidade não nos achamos.

Eu deixo minha mensagem e meu recado lembrando-vos de que somos Um com vocês quando vocês estão em unidade com a Fonte interna. Removam as pedras para que possam contemplar a beleza do Sol da Felicidade, que vos espera com seu brilho radiante e eterno. Que assim seja!

Eu sou Athena, vossa aliada!

Pallas Athena por Vinícius Francis

3 comentários:

  1. Linda mensagem! Renova nossas esperanças e nosso ânimo! Um grande abraço Vinícius!

    ResponderExcluir
  2. ATHENA, MAIS DO QUE ORIENTADORA E GUIA ESPIRITUAL VOCÊ É MINHA AMIGA E PARCEIRA NO TRABALHO PELA EXPANSÃO! ME SINTO VERDADEIRAMENTE PRIVILEGIADO EM PODER SER CANAL DE SUA SABEDORIA E DE SEU AMOR ENVIADOS AO MUNDO. QUE SEJAMOS TÃO FELIZES E TÃO EXPANDIDOS QUANTO VOCÊ DESEJA QUE SEJAMOS!!!

    ResponderExcluir
  3. Athena, como um manjar de delícias, suas palavras ativam nosso apetite espiritual rumo a novos horizontes, a desejar fortemente a luz do "Sol"!!!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.