sexta-feira, 8 de abril de 2011

Apreciação




Apreciamos tudo, cada flor, cada pássaro, cada inseto, cada vida que pulsa como origem da fonte. Em nossos domínios de luz e amor, todas as nossas vibrações imediatamente se transformam em cores, em sons e em manifestações que se expandem pelo espaço. Criamos tudo assim, nos reunimos, nos alegramos, nos regozijamos e dali saem as mais belas criações.

A fonte não cria trazendo consigo tristeza, a fonte somente pulsa o amor e a felicidade, daí a perfeição em tudo. A perfeição está em sintonizar-se com a energia perfeita ao criar e ela é a própria felicidade. Existe algo mais desejado do que a felicidade? Existe algo que mais nos entusiasma do que ela? Não! Energia, estado de espírito, ou manifestação de Deus, quando se sente a felicidade, se conecta a energia suprema do amor, Deus. Partindo deste ponto de vibração, criam-se coisas semelhantes, ou seja, perfeitas.
Elohins por Vinícius Francis

Texto para meditação:
Nossos amigos nos ensinam aqui a arte de apreciar, apreciar cada coisa que tenha beleza e nos chame a atenção. Tudo àquilo que nos causa um estado de admiração, puxa em nós o nosso melhor em sentido vibracional, porque como eles e outros grandes mestres já nos ensinaram, a arte de apreciar nos coloca em alinhamento com nossa própria fonte, com aquilo que realmente somos, seres criadores, capazes de transformar toda a realidade externa, simplesmente mudando a nós mesmos.

Daí a importância de sentir-se bem. Disseram eles que criam desta forma, lá onde habitam no momento, a alegria, o entusiasmo, o amor, são sentimentos Universais e todas as criaturas do Universo que desejam criar boas coisas, precisam manifestar tais emoções, é indispensável. Tais emoções têm o poder de mudar as coisas em volta, uma vez que são mantidas em foco.

O mito de que o mal procede de Deus, felizmente é mentira. Deus, a Fonte suprema do Universo, somente carrega em sua essência boas coisas. Não há maldade em Deus e em nada no Universo, há somente a ausência daquilo que é bom. Sabendo que a Fonte vibra somente o bem, não há razão para crermos que receberemos algo ruim dela. É só nos sintonizarmos na vibração que ela emite.

Um comentário:

  1. Tenho caminhado todos os dias e tenho contemplado a paisagem, tão bela, porém também sei que tudo tem seu apogeu e seu declínio...
    É natural que seja assim, todavia, quando tudo parece convergir para o que supomos o nada, eis que a vida ressurge, triunfante e bela!
    Novas folhas, novas flores, na infinita benção do recomeço.
    Grande abraço Amigo

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.