sexta-feira, 25 de março de 2011

Família vibracional



Somos uma grande família vibracional, aquela que está unida pela intenção do coração. Se classificássemos família da mesma forma como vocês da terra o fazem, estaríamos limitando o verdadeiro significado desta palavra, que se entendido, permite a plenitude vivida da mesma.

As intenções do coração são chamadas de linhas de conexão. Na verdade você atrai tudo àquilo em que vibra com suas intenções mais íntimas, intenção é o resultado de pensamento com sentimento. 

Mas se vocês mesmos oferecem várias intenções que vibram em escalas energéticas distintas, o que ocorrerá é um anulamento das mesmas.

Bem vimos e ouvimos tudo o que compartilharam hoje em termos de conhecimento a respeito da vida, isso é, de nós, porque somos uma forma expandida dela. Vimos e ouvimos, mas não desejamos que pensem que fazemos isso com sentidos semelhantes aos vossos, ou seja, vendo com os olhos e ouvindo com os ouvidos, nem mesmo com auxilio de aparelhos específicos.



Quando estamos num plano mental de energia, como é o nosso caso, vibramos na base ou princípio da energia. Esta energia se origina aqui da mesma maneira em que um pensamento é gerado em vocês. 

Então, se nós vivemos agora neste estado de princípio criativo energético, ou base vibracional, temos total acesso às vibrações emitidas pelos seres, a quem nossa ordem serve. Isso significa “ouvir” e “ver” para nós.

Tudo o que vocês pensam e sentem é claríssimo para nós, por isso as vibrações confundidas, facilmente são percebidas por todos nós. Tudo neste plano de consciência é extremamente sutil e vibra numa sintonia fina, porém clarividente.

As vibrações de vocês oferecem uma espécie de código-genético- vibracional. Através da leitura de vibração que realizamos em cada um de vocês que acompanhamos, temos uma conclusão a respeito de quem vocês são, de quem vocês foram em termos de reencarnações e também para onde vocês estão indo agora. Tudo é observável e prontamente lido pelos irmãos da leitura vibracional. Isso também é nossa função. Somos parte da grande energia receptora do Universo e também da energia que responde às ondas de energia que são enviadas por vocês. Tudo em vocês é límpido e transparente para nós, conhecemos as intenções que possuem antes mesmo que obtenham razão delas.

Com tudo aquilo que “vemos” em vocês, fazemos hoje uma pergunta que vai em direção a humanidade como um todo: O que estão fazendo da vida de vocês? Como têm escolhido atravessar esta experiência? A vida para vocês na terra, isso é, a vida física, é breve como um pensamento e passa tão rápido como uma chuva de verão. Não foi para desperdício de tempo e nem de emoções, que optaram em nascer neste mundo maravilhoso em que vivem. Este mundo possui na verdade uma grande porta, chamada felicidade. É muito fácil achar a felicidade aí, sabiam? Mas o que vemos em vocês, dizemos como um todo, é que pegam este privilégio e o jogam no lixo. Pedimos que façam uma profunda reflexão dentro de vocês. Quando observam o mundo a sua volta, vocês realmente o notam em decadência de maldade e mergulhado no poder de um diabo? Não, vocês não vêem isso, vocês vêem pessoas mergulhadas nestas idéias e estas pessoas geram em suas experiências físicas, tais acontecimentos demoníacos, assim nomeados. Então fica fácil perceber, que este mundo decadente que vocês notam é somente as manifestações que observam numa determinada pessoa ou país em que ela vive. Não podem classificar um todo somente porque vêem uma pequena parte. E mesmo esta pequena parte, vista com olhos divinos exerce em si mesma, a pura essência da felicidade, que aparece claramente nas coisas que vocês não conseguem notar ou valorizar.

Tudo aquilo que fica mais oculto em vossas percepções, na maioria das vezes é o que abriga o maior prazer. Parem com esta vida mecânica que estão vivendo e comecem a desfrutar a vida de uma forma mais ampla e satisfatória. Vejam a sua volta, no jardim próximo, no céu, no mar, nas matas, a lei da atração operando em pró da felicidade de tudo. As chuvas vêm e vão, o frio também e sempre vocês podem contar com ele e se há desequilíbrio no dizer de manifestação destes, é porque se julga pela vida necessário devolver desequilíbrio quando ela recebe isso e mesmo o desequilíbrio em sua essência, existe a fim de promover o equilíbrio. Às vezes para se arrumar um armário é necessário trazer todas as coisas para fora, gerando assim o que chamariam de transtorno, mas nomeamos princípio de organização. Se não bagunçar às vezes não se arruma, porém um armário que permanece sempre organizado e limpo, não necessitará desta “desordem” para gerar a ordem, entendem?

Nosso recado e desejo é que aproveitem este mundo, esta vida, esta era em que vivem. Desfrutem desse corpo físico e tornem suas vidas mais satisfatórias para vocês mesmos, pois sabemos que todos aí desejam a realização física das coisas, pois acham que tal realização pode trazer plena felicidade, esperam isso o tempo todo. E o que nós de nossa perspectiva abrangente esperamos, é que percebam que com ou sem manifestação física não há nada pior do que viver em ausência de alma e não há nada melhor do que viver com ela.

O sentido da vida pode se traduzir nisso que dizem aí, prazer de viver. Qualquer pessoa concorda se dissermos que quando se tem tudo, no que diz respeito ao físico e não se tem paz, não se tem nada, o mesmo ocorre com a saúde ou com a realização de um grande sonho. E isso tudo pode mostrar a vocês que aquilo que dizemos agora, não é e nunca será uma grande novidade. Estamos apenas repetindo o que vem sendo dito pela ordem cósmica que rege este quadrante, há muito tempo. O recado é simples: não desejem as coisas, desejem ser felizes, ou melhor, desejem as coisas e sejam felizes, pois quando se é feliz se tem as coisas e quando se “tem”, se pode desejar. Pois quando não se tem até mesmo o desejo soa ruim para vocês. Este “não ter” é o gerador de todas as frustrações da vida e o “ter” também é o gerador de toda a felicidade e bem estar. Toda a causa é sempre interna e o efeito também. É natural desejarem em vossas vidas a manifestação do efeito, mas não é normal e nem saudável, não viverem a causa, pois é a causa que não só manifesta o efeito, como também dá sentido a ele. Vocês são a causa, amem a causa e o efeito será amável, sempre! Que haja luz em vós!!!
Elohins por Vinícius Francis 

Texto para meditação:
Simplicidade, objetividade e sentido são adjetivos com o qual eu classifico esta mensagem. Vivemos num mundo rodeado por modernidades e tecnologia, onde a internet tem praticamente tomado conta do mundo e não só ela, mas a TV e a música também. Todas estas coisas são positivas se as usarmos assim, porém muitas vezes com a presença desta modernidade não conseguimos nos dar conta de que levar a vida continua e sempre continuará sendo simples.

Como humanos temos a mania de complicar demais as coisas, no entanto quando no confrontamos com seres tão iluminados trazendo idéias tão lindas, novas e singelas ficamos surpreendidos. Temos insistentemente o hábito de achar e acreditar que a vida é dura e complicada demais para ser vivida de forma tranqüila. Preferimos abandonar nossos sonhos e vontades para observar uma realidade que nos parece tão complexa, mas graças a Deus esta não é a verdade das coisas.

Bem, a vida pode ser complicada se você escolhe assim, de forma consciente ou não. No entanto, os Elohins, criadores de boa parte de tudo o que conhecemos como “forma física” no Universo, nos dizem de forma amorosa e branda que a vida pode ser satisfatória, feliz e abundante sem nenhum esforço. Parece irônico, não?

A maioria das pessoas julgaria tal proposta deles como: “Isso é bom demais para ser verdade” ou então “A vida não é um conto de fadas”. Particularmente, entendo tal posição das pessoas, pois se passarmos a vida inteira num deserto, seria realmente difícil acreditar que mais de setenta por cento do planeta é composto de água. Focar nossa atenção e nosso poder criativo na falta ou no mal, é reduzir nossa capacidade de “ver” o real.

Aceitar que a vida é como você cria confronta uma série de idéias e paradigmas sustentados durante anos por todos nós e passado de geração a geração. Fomos ensinados a manter crenças como estas: “Dinheiro não cai do céu”, “A vida é injusta”, “A coisa está difícil para todo mundo”, “Tem que trabalhar e estudar muito para ser alguém” e por aí vai. Frases estas que se impregnaram em nossa mente de forma tão sólida que nossa realidade e nossa vida desenvolveram-se por elas.

Não se afobe, tenho uma ótima notícia para você. Você pode mudar isso quando quiser! Mas você poderá responder: “A minha vida é como Deus quer, tudo é como Deus quer que seja!” Bem, você precisa então conhecer melhor a Deus, pois ele é o mais interessado em sua felicidade e ninguém vibra tanto seu sucesso como a Fonte o faz.

Tenho uma segunda notícia para você, talvez um pouco dura, mas se for compreendida, mudará sua vida: “Você caminha para o fracasso com suas próprias pernas e é você quem guia sua vida”! Chocou-se? Ou você é daqueles que aborrecidamente dizem: “Não me surpreendo com mais nada”. Agora, mais do que apresentar um “estilo” de vida diferente vindo de “supostos” seres de outra consciência, irei fazer um pergunta e desejo que responda com toda sinceridade: Carregando estas crenças e vivendo desse jeito que você vive, classifica-se uma pessoa feliz? Seus resultados são satisfatórios? Se a resposta for “sim”, então este texto não serve para você, pois você já está no rumo correto e não precisa de mudanças, apenas continue assim. No entanto se a resposta for “não”, então seja bem vindo a um grupo luminar que têm como único objetivo ajudar você a encontrar seu caminho feliz e mais do que isso, a reencontrar-se consigo.

Não deixe que seu egoísmo, que nunca deu nada de bom a você, te impeça de tentar algo novo. Você jamais perderá alguma coisa por simplesmente experimentar uma mudança de vida sob uma nova ótica, mais simples e muito mais satisfatória. É fácil e o mais importante, é inteiramente de graça e disponível a você a hora que desejar. Este método, não tem um nome específico, não há formulas mágicas e nem segredos enigmáticos, estamos falando da vida e o convite que tenho é este: Sinta-se bem, acredite em você, acredite que você pode tudo, acredite que o Universo concede todos os seus desejos facilmente e ame-se em primeiro lugar. 

Viva a vida como se ela fosse um presente e não um fardo, tire férias de seus problemas, descanse, abra seu coração para sentir bons sentimentos e dê-se uma nova chance.

Você ainda está em dúvidas? Acha que continua sendo fácil demais? Bem, a escolha agora é sua, somente sua. Se preferir, continue como está ou opte pela felicidade e siga o melhor caminho que existe para você, o caminho do seu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.